Nick Ansell/AP
Nick Ansell/AP

Morre aos 91 anos Robert Hardy, ator dos filmes de 'Harry Potter'

Ele também ficou conhecido por seu papel na série de televisão 'All Creatures Great and Small'

EFE

03 Agosto 2017 | 17h35

O ator britânico Robert Hardy, que interpretou o ministro de magia Cornélio Fudge nos filmes da saga Harry Potter, morreu aos 91 anos, segundo informou nesta quinta-feira sua família.

Além do papel nas adaptações ao cinema dos livros da escritora J.K. Rowling, Hardy era conhecido pela série de televisão All Creatures Great and Small, que a emissora pública britânica BBC transmitiu entre 1978 e 1990.

Os seus filhos - Emma, Justine e Paul - lamentaram hoje a morte do ator, que cultivou uma "gigantesca carreira de mais de 70 anos no teatro, na televisão e no cinema".

"Papai será recordado também como um meticuloso linguista, um artista brilhante, um amante da música e um campeão da literatura", acrescentaram em um comunicado.

Hardy começou sua carreira profissional na década de 1950 como ator clássico, interpretando diversas obras do dramaturgo britânico William Shakespeare tanto no teatro como na televisão.

A BBC contou com ele para uma série de longa duração pela primeira vez em 1966, quando se uniu ao elenco de The Troubleshooters, que durou até 1970.

Entre 1978 e 1980 participou da primeira temporada de All Creatures Great and Small, e apenas um ano depois, em 1981, foi distinguido pela rainha Elizabeth II como Comandante da Ordem do Império Britânico por seus méritos artísticos.

Hardy foi ainda o rosto do ex-primeiro-ministro britânico Winston Churchill em diversas ocasiões, a mais conhecida delas no drama televisivo Winston Churchill: The Wilderness Years (1981), pelo qual obteve um prêmio Bafta.

Nos últimos anos, Hardy ficou famoso pela sua participação na saga Harry Potter, na qual apareceu pela primeira vez em 2002, no filme Harry Potter e a Câmara Secreta.

Até 2007, encarnou em outros três filmes o personagem Cornélio Fudge, um dos ministros de magia do mundo fictício criado por Rowling.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.