AP Photo/Andrew Medichini
AP Photo/Andrew Medichini

Morre aos 86 anos o cineasta italiano Ermanno Olmi

Diretor foi hospitalizado com urgência na sexta-feira em razão de uma doença contra a qual lutava há anos

O Estado de S.Paulo

07 Maio 2018 | 07h27

O diretor e roteirista italiano Ermanno Olmi, conhecido por obras como A Lenda do Santo Beberrão (1988), morreu nesta segunda-feira, 7, aos 86 anos no município de Asiago, comuna da região do Vêneto, ao norte da Itália.

+ Festival de Cannes chega à 71.ª edição politizado e sem concessões

+ 'Everybody Knows': no filme que abre o Festival de Cannes, pode-se 'sentir a Espanha', diz Bardem

O cineasta morreu durante a madrugada em um hospital de Asiago, onde foi hospitalizado com urgência na sexta-feira em razão de uma doença contra a qual lutava há anos, segundo veículos de imprensa locais.

+ Lars von Trier volta a Cannes e filme 'maldito' de Terry Gilliam encerra o festival

+ John Travolta será premiado em Cannes

Olmi ganhou o prêmio Palma de Ouro, o mais prestigiado do Festival de Cannes em 1978 pelo filme A Árvore dos Tamancos.

Segundo o jornal italiano Corriere della Sera, o diretor sofria da síndrome de Guillain-Barré, que o imobilizou durante meses. / EFE

Mais conteúdo sobre:
cinema Ermanno Olmi

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.