1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Melhor poltrona

25 Fevereiro 2011 | 12h 13

É fácil se sentir confortável na poltrona da sala de luxo do Cidade Jardim. Mas, no Pátio Paulista, o assento também é bom - e mais barato

Demos apenas um troféu ao Pátio Paulista - Cinemark: melhor poltrona padrão. Os assentos de couro são confortáveis. Pessoas altas (ou espaçosas) não vão sofrer neste cinema: há quase um metro disponível para esticar as pernas. Os seus braços vão ficar muito confortáveis quando estiver sentado, já que a poltrona do Pátio Paulista tem 9,2 centímetros para apoiá-los (mais do que outras salas comuns, que têm, em média, oito centímetros - o que faz diferença). Mas o assento não é para os fracos. É preciso fazer uma forcinha para inclinar o encosto. Os love seats são uma boa notícia para os casais. Mas eles precisam tomar cuidado com o vão que fica entre as poltronas. E não é tão fácil ver o número das fileiras (imagine, então, a sinalização dos assentos).

 

Menções honrosas

 

Mais Shopping Largo 13 - Cinépolis: A distância entre as filas é generosa.

Itaim - Kinoplex: Confortável e macia, a poltrona empatou com a do Cinépolis.

Vila Olímpia - Kinoplex: As poltronas acolchoadas ficaram com o terceiro lugar.

Melhor poltrona de luxo

A poltrona da sala Prime do Cidade Jardim - Cinemark levou o prêmio. Ela lembra os assentos da classe executiva de aviões: tem apoio para os pés, bandeja para os quitutes... Mas gostaríamos de dar uma ideia ao Cidade Jardim: já que a poltrona é tão completa, por que não instalar um cabide (ou, quem sabe, um gancho) nela? Espaço não falta. Assim, você não precisaria ficar segurando o casaco ou a bolsa durante todo o filme.

 

Em tempo

 

Vila Olímpia - Kinoplex: Aprovamos suas poltronas luxuosas, que são confortáveis  e bem-conservadas. Mas tivemos certa dificuldade para inclinar o encosto.

Bourbon - Espaço Unibanco: As poltronas pecam por não ter apoio para os pés, nem bandeja. Mesmo assim, ficaram empatadas com os assentos do Vila Olímpia.