Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Leonardo DiCaprio vai interpretar Vladimir Putin no cinema

Cinema

AP

Leonardo DiCaprio vai interpretar Vladimir Putin no cinema

Filme será lançado na primeira metade de 2017

0

EFE

02 Fevereiro 2016 | 14h54

O ator americano Leonardo DiCaprio interpretará o presidente russo, Vladimir Putin, em um filme que começará a ser rodado este ano, informou nesta terça-feira o canal de televisão Dozhd.

Um dos diretores da produtora Knights Bridge Entertainment, Valeri Saarian, antecipou que em breve darão o sinal verde à última versão do roteiro de um filme que será um thriller político e levará o título de Putin.

"De oficial da KGB a primeiro-ministro e presidente. Homem-mito. Uma visão da vida pessoal e da carreira de uma das pessoas mais influentes do mundo". Assim será o filme, explicaram as fontes.

DiCaprio, que foi indicado mais uma vez ao Oscar de melhor ator - a quinta indicação da carreira - por seu papel em O Regresso, do mexicano Alejandro González Iñárritu, já teria aceitado um papel pelo qual já tinha mostrado um grande interesse, segundo Saarian.

"Putin seria muito mais que muito interessante. Adoraria interpretá-lo. É algo fascinante para um ator. Lênin também seria um papel interessante. Também gostaria ser Rasputin", disse recentemente o ator.

Três autores participaram da elaboração do roteiro, enquanto o diretor do filme "é conhecido por todos", embora Saarian não tenha dito o nome.

Além de DiCaprio, outros atores de renome já teriam dado seu apoio para participar de um projeto que certamente causará polêmica nos Estados Unidos, já que a Rússia é considerada pelo Pentágono uma das principais ameaças globais para Washington.

O filme será rodado na Rússia, nos EUA e na Europa, e será lançado na primeira metade de 2017, um ano antes de Putin se candidatar, muito provavelmente, à reeleição após 18 anos no poder.

No site da Knights Bridge Entertainment é possível ver o retrato de Putin, que já se reuniu uma vez com o ator de 41 anos, 22 a menos que o chefe do Kremlin.

Foi em novembro de 2010 quando DiCaprio viajou à segunda maior cidade russa, São Petersburgo, para participar da cúpula mundial do tigre.

DiCaprio viveu uma autêntica odisseia para chegar à Rússia, já que um dos motores do avião em decolou em Nova York para viajar para São Petersburgo estragou, e a aeronave teve que realizar uma aterrissagem de emergência no aeroporto John F.Kennedy.

"Acredito que nem todos teriam desejo de seguir viagem, mas o senhor DiCaprio não é um deles. Subiu em outro avião, um pequeno e privado, e prosseguiu sua travessia. Como dizem em nosso país, um autêntico homem", disse então Putin.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.