Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Leo DiCaprio e Brie Larson triunfam em premiação do sindicatos dos atores

Cinema

Leo DiCaprio e Brie Larson triunfam em premiação do sindicatos dos atores

Elenco de 'Spotlight' levou o prêmio principal da noite no SAG Awards

0

AFP

31 Janeiro 2016 | 15h33

Brie Larson e Leonardo DiCaprio deram mais um passo em direção ao Oscar no sábado, 30, ao venceram os SAG Awards, durante uma noite marcada pela vitória de muitos atores negros em meio ao debate sobre a falta de diversidade em Hollywood.

Os atores de Spotlight, incluindo Mark Ruffalo, Rachel McAdams e Michael Keaton, também receberam o prêmio de melhor elenco do ano, o principal da noite. O filme de Tom McCarthy, um dos favoritos para o Oscar, conta a história da investigação do jornal Boston Globe que revelou o escândalo de pedofilia na Igreja Católica.

Leonardo DiCaprio, uma das maiores estrelas de Hollywood, foi premiado pelo papel de Hugh Glass em The Revenant (O Regresso), uma história épica de sobrevivência e vingança. O ator de olhos azuis de 41 anos precisou comer fígado de búfalo cru e tomar banho em rios gelados para interpretar este personagem traído por seus companheiros.

Leonardo DiCaprioA atriz Brie Larson, de 26 anos, foi recompensada por sua comovente atuação de uma jovem mãe sequestrada com seu filho em Room (O quarto de Jack). Ela descreveu como "inspiração" o ator prodígio de nove anos Jacob Tremblay, que interpretou seu filho.

Alicia Vikander foi coroada melhor atriz coadjuvante pelo filme A Garota Dinamarquesa, em que interpreta a esposa da transgênero Lili Elbe.

O britânico Idris Elba levou dois prêmios: de melhor ator coadjuvante de filme, por Beasts of No Nation, e melhor ator em televisão ou minissérie, por Luther.

Os SAG Awards, prêmio do sindicato dos atores americanos, representa um bom termômetro para o Oscar. Eles são concedidos por muitos atores que também são membros da Academia de Artes e Ciência Cinematográficas, que atribui as prestigiosas estatuetas douradas.

No ano passado, quatro vencedores dos SAG, Patricia Arquette, Eddie Redmayne, Julianne Moore e J. K. Simmons também ganharam um Oscar.

Idris Elba é o único dos quatro atores de cinema premiados com um SAG este ano que não foi indicado para um Oscar - o que contribuiu para a controvérsia "Oscars-so-White".

Entre Idris Elba, Queen Latifah ("Bessie"), Viola Davis ("How to get away with murder") e a equipe de "Orange is The New Black", premiada pelo segundo ano consecutivo, o triunfo dos atores de televisão negros nos SAG contrasta com as indicações dos atores, todos brancos, para o Oscar.

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.