Assine o Estadão
assine

Cultura

Charlton Heston

Leilão revela paixão de Charlton Heston por Shakespeare

O que chama mais a atenção são dois lotes de cópias de 'Macbeth' e 'Hamle't, avaliadas em 35 mil e 25 mil dólares

0

AFP

18 Março 2016 | 10h27

O leilão previsto para a próxima semana em Los Angeles envolvendo objetos pessoais de Charlton Heston revela a paixão do ator pelo dramaturgo britânico William Shakespeare.

A Casa Bonham colocará à venda na terça-feira, 22, 300 peças da mansão que Heston compartilhou com sua mulher, Lydia Clarke, durante mais de meio século em Beverly Hills, incluindo obras de arte, joias, livros, roteiros e cartazes de filmes.

Mas o que chama mais a atenção são dois lotes de cópias das peças Macbeth e Hamlet, avaliadas em 35 mil e 25 mil dólares, respectivamente.

"Acreditamos que os fãs de Heston gostarão de descobrir o que há por trás do mito", explicou a diretora da casa de leilões, Catherine Williamson, em um comunicado enviado à AFP.

A coleção também inclui um roteiro de Ben-Hur (1959), o filme que deu o único Oscar da carreira de Heston, com lance inicial de 18 mil dólares.

Heston, que estrelou outros sucessos como Os Dez Mandamentos (1956), El Cid (1961) e O Planeta dos Macacos (1968), morreu em 2008, aos 84 anos, após quase dez anos com o Mal de Alzheimer.

 

 

Mais conteúdo sobre:

Comentários