'Lanterna Verde' será dirigido por autor de 'Everwood'

Filme irá mostrar o Lanterna incorporado por Hal Jordan, que recebe o anel de um ET moribundo

Borys Kit, da Reuters,

07 Outubro 2029 | 15h27

O criador da série Everwood, Greg Berlanti, fechou contrato para co-escrever e dirigir uma adaptação sobre o super-herói Lanterna Verde, da DC Comics. Embora Lanterna Verde já tenha tido várias encarnações desde que foi criado, em 1940, o filme da Warner Bros vai focar o Lanterna incorporado por Hal Jordan, piloto de testes que encontra uma nave alienígena caída.   Nela, um extraterrestre moribundo entrega seu anel a Jordan, introduzindo-o a um novo mundo que inclui uma força policial interestelar conhecida como Tropa dos Lanternas Verdes e seus responsáveis, os Guardiães do Universo, que vivem no planeta Oa. Como qualquer outro super-herói, Lanterna tem um ponto fraco - em seu caso, a cor amarela.   "Este é para mim o maior filme baseado numa HQ e que ainda não foi feito", disse Berlanti, que cresceu lendo histórias em quadrinhos na década de 1980. "Era uma HQ com uma mitologia real, como se vê em muitas das óperas e dos livros de ficção científica. O melhor dela é que qualquer pessoa pode virar parte dos Lanternas Verdes, porque qualquer pessoa pode tomar posse do anel."   Berlanti se reuniu com a DC Comics há um ano para discutir a idéia de levar o herói ao cinema. Ele chamou os co-roteiristas Marc Guggenheim e Michael Green, também fãs de quadrinhos que conheceu quando estava trabalhando em Jack & Bobby, série que ele ajudou a criar para a WB Network. Eles trabalharam durante meses para desenvolver a história, com a ajuda de Gregory Noveck, vice-presidente sênior da DC Comics.   Berlanti propôs à Warner realizar uma série de filmes, sendo que o primeiro mostrará como Jordan vira membro da força policial intergaláctica.   O maior desafio para a criação do filme foi aguardar a chegada da tecnologia necessária para criar mundos fantásticos, além de superar o preconceito contra um herói que porta um anel. "O perigo, e o que muitas pessoas temem, é que soasse tolo", disse Berlanti. "Nestes tempos pós-Harry Potter e Senhor dos Anéis, a idéia não é mais fantástica do que essas."   Berlanti já está ocupado cuidando da produção executiva dos seriados da ABC Dirty Sexy Money, Brothers & Sisters e o ainda inédito Eli Stone, drama jurídico que ele criou com Marc Guggenheim.

Mais conteúdo sobre:
Lanterna Verde

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.