Christophe Archambault/
Christophe Archambault/

DiCaprio devolve Oscar de Marlon Brando em investigação de lavagem de dinheiro

Ator iniciou a devolução de outros itens não identificados que aceitou como presentes para um leilão de caridade

Reuters

15 Junho 2017 | 18h20

O ator Leonardo DiCaprio devolveu um Oscar conquistado por Marlon Brando para investigadores dos Estados Unidos que apuram uma suposta lavagem de dinheiro feita por um fundo de investimento estatal da Malásia, afirmaram os representantes do ator nesta quinta-feira.

DiCaprio também iniciou a devolução de outros itens não identificados que o ator disse que aceitou como presentes para um leilão de caridade e que teve como origem pessoas ligadas ao fundo 1MDB, disseram em comunicado.

Em julho, a empresa de produção de Hollywood Red Granite foi acusada por meio de um processo civil dos EUA de usar 100 milhões de dólares que os promotores disseram que foram desviados do fundo 1MDB para financiar em 2013 o filme "O Lobo de Wall Street", estrelado por DiCaprio.

DiCaprio disse em outubro que ele estava cooperando com a investigação e que devolveria quaisquer presentes ou doações provenientes de fontes questionáveis.

"O sr. DiCaprio começou a devolver esses itens, que foram recebidos e aceitos por ele com o propósito de serem incluídos em um leilão de caridade anual para beneficiar sua fundação", disse o comunicado da quinta-feira.

"Ele também devolveu o Oscar originalmente conquistado por Marlon Brando, que foi entregue ao sr. DiCaprio como um presente conjunto da Red Granite para agradecer por seu trabalho em 'O Lobo de Wall Street'", acrescentou o comunicado.

A Fundação Leonardo DiCaprio, criada em 1998, apoia uma série de projetos ambientais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.