Divulgação
Divulgação

Brasil tem quatro indicações para o 2º Prêmio Platino

Leandra Leal concorre na categoria atriz pelo filme ‘O Lobo Atrás da Porta’; cerimônia de entrega será na Espanha, no dia 18 de julho

O Estado de S. Paulo

30 Maio 2015 | 05h00

A atriz Leandra Leal é uma das finalistas da segunda edição do Prêmio Platino do Cinema Ibero-americano, por sua atuação no filme O Lobo Atrás da Porta, de Fernando Coimbra. O Brasil concorre ainda na categoria documentário, com O Sal da Terra, de Wim Wenders e Juliano Ribeiro Salgado, e melhor filme de animação, por Até Que a Sbórnia nos Separe, de Otto Guerra e Ennio Torresan Jr., e O Menino e o Mundo, de Alê Abreu.

Nas redes sociais, a atriz Leandra Leal comentou a sua indicação: “É uma honra poder representar o Brasil nessa premiação. Muito obrigada a toda a equipe que participou desse filme incrível. Vamos saber o resultado no dia 18 de julho, comigo por lá (na Espanha)”.

O prêmio deu um “enorme passo” da primeira edição, no Panamá, para a segunda, que será em julho, na Espanha, disse à Agência Efe um de seus diretores, o jornalista colombiano Juan Carlos Arciniegas, que é apresentador e produtor do programa Showbiz, da rede CNN em espanhol e também do Platino. Em 2014, a festa teve a presença da atriz brasileira Sonia Braga, que ganhou o Prêmio de Honra, em reconhecimento à sua carreira.

“No ano passado, eu fiquei nervoso nos ensaios para apresentar a premiação, mas chegou o dia e foi fantástico. Neste ano, já sei que vou ficar nervoso de novo”, reconheceu Arciniegas, que repete a dobradinha com a atriz Alessandra Rosaldo à frente da cerimônia.

O jornalista revelou que os detalhes do evento, que ocorrerá no dia 18 de julho em Marbella, na Espanha, durante o Festival de Cultura e Tendências Starlite, começaram a ser divulgados na sexta-feira, dia 29, em Los Angeles. Em sua opinião, a chave para realizar uma cerimônia atrativa é a agilidade, para que não dure mais do que 90 minutos e não tenha discursos institucionais muito longos. Além disso, imagem, música e movimento são fundamentais. Sua lista ideal de apresentações inclui o cantor e compositor uruguaio Jorge Drexler e a cantora e compositora mexicana Natalia Lafourcade, por exemplo.

Os Prêmios Platino são uma iniciativa dos produtores da Entidade Espanhola de Gestão de Direitos Audiovisuais em parceria com a Federação Ibero-americana de Produtores e engloba a indústria audiovisual de 23 países.

Pela primeira vez, a cerimônia será transmitida pela TNT na América Latina e poderá ser vista em mais de 50 países. “A premiação é algo com que sonhava há muito tempo. Era justo e necessário que as produções ibero-americanas recebessem um reconhecimento à altura de sua qualidade. Além disso, é uma plataforma de exibição e divulgação desses filmes”, afirmou ainda Arciniegas.

Mais conteúdo sobre:
Cultura Cinema

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.