Mario Anzuoni/ Reuters
Mario Anzuoni/ Reuters

Bombeiro de Nova York morre em incêndio em set de filme de Bruce Willis

Produtores lamentaram a morte do homem, que era pai de quatro filhos

Brendan O’Brien, Reuters

23 Março 2018 | 12h34

Um bombeiro da cidade de Nova York morreu e outras cinco pessoas ficaram feridas, incluindo dois bombeiros, em incêndio em um prédio histórico onde um filme estrelado por Bruce Willis e Alec Baldwin estava sendo filmado, informaram autoridades e a mídia local nesta sexta-feira, 23.

O bombeiro Michael Davidson, de 37 anos, ficou ferido durante o incêndio que aconteceu na noite de quinta-feira, 22, e depois morreu em um hospital, informou o corpo de bombeiros de Nova York em publicação no Facebook.

“Tragédia horrível”, disse Mark Levine, vereador da cidade de Nova York, no Twitter. “Rezamos por sua família e seus entes queridos”.

Dois outros bombeiros ficaram gravemente feridos e três civis sofreram ferimentos menores durante o incêndio, que começou às 23h do horário local no porão do célebre e agora interditado St. Nick’s Jazz Pub, informou uma afiliada local da rede CBS.

O prédio estava sendo usado como cenário para o filme Motherless Brooklyn, estrelado por Willem Dafoe, Bruce Willis, Alec Baldwin e Edward Norton, que também é identificado como roteirista e diretor da produção, segundo a CBS.

Em um comunicado enviado à emissora, os produtores do filme ofereceram seus pêsames a Davidson, pai de quatro filhos, e a seus familiares.

“Nossos corações doem em solidariedade com sua família”, disseram. “Os bombeiros de Nova York são super-heróis da vida real e contam com nossa admiração e gratidão sem limites”.

Dezenas de integrantes da equipe cinematográfica estavam trabalhando no edifício quando perceberam a fumaça no set e chamaram os bombeiros, disse o comunicado.

 

Mais conteúdo sobre:
Bruce Willis Edward Norton Alec Baldwin

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.