5.º Oscar das salas de cinema: Futuro das salas

Novidades em 2009 - Ficção científica: salas e filmes em 3D viram tendência. Dramalhão: parece que a reforma do Marabá agora sai

O Estado de S.Paulo,

20 Fevereiro 2009 | 00h21

Agora vai? O Cine Marabá deve ser reinaugurado este semestre. Aleluia! Foto: Alex Silva/AE   A chegada de salas VIP, cinemas 3D e do primeiro Imax brasileiro fizeram de 2008 um ano de inovações para os cinéfilos de São Paulo. Mas, das três novidades, é o 3D que se firma como tendência para 2009. Com 48 complexos no país e projetos para inaugurar mais dois na cidade - um no Shopping Paulista e outro em Osasco - a rede Cinemark já instalou a tecnologia em quatro salas de São Paulo, sendo a mais recente no Shopping D. "Programamos 13 filmes em 3D para este ano, entre eles ‘A era do gelo 3’, ‘Avatar’ e ‘Toy story 1’", anuncia Marcelo Bertini, presidente da Cinemark Brasil.   A concorrente Playarte também promete pelo menos uma sala 3D nos cinco novos complexos previstos para São Paulo neste ano. Serão dez salas no Shopping Ibirapuera, sete em Diadema e cinemas nos shoppings Butantã e Metrópole, além do aguardado Cine Marabá.   Em processo de restauração que já dura quatro anos, o antigo cinema no centro da cidade deve ser reinaugurado ainda no primeiro trimestre. Foram três anos para que o projeto de restauro fosse aprovado pelo Departamento de Patrimônio Histórico (DPH) e somente em julho do ano passado começaram as obras para transformar o Marabá num complexo com cinco salas. "O imóvel, de 1944, é tombado pela prefeitura, que exigiu, além do projeto de arquitetura [feito por Ruy Ohtake], outro restauro que contemplasse não só a fachada, mas o interior do cinema. Desde o foyeur principal, até o piso, passando por espelhos, lustres e mármores, tudo precisou ser reconstituído", explica Otelo Coltro, vice-presidente executivo da Playarte.   Leia mais sobre o 5º Oscar das salas de cinema  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.