Divulgação
Divulgação

Yoko Ono ganhará exposição no Instituto Tomie Ohtake

Mostra tem previsão de estreia entre abril e maio deste ano

O Estado de S.Paulo

05 Janeiro 2017 | 14h42

As obras da artista nipo-americana Yoko Ono vão chegar a São Paulo no Instituto Tomie Ohtake. Intitulada Dream Come True, a mostra tem previsão de estreia entre abril e maio. A exposição fará uma grande retrospectiva da carreira de Ono, uma pioneira da arte conceitual que questionou as fronteiras tradicionais entre a obra e o público. A mostra ficou uma longa temporada no MALBA, em Buenos Aires, na Argentina.

A artista octogenária é conhecida por seu engajamento na luta feminista, dentre outras causas. Recentemente, um áudio da artista gritando em reação à vitória do candidato republicano Donald Trump viralizou nas redes sociais. 

A exposição dedicada a Yoko Ono concentra-se em apresentar um recorte das icônicas "instruções" da artista. Potentes tanto para a compreensão da arte conceitual, quanto para serem usadas como gatilho de reflexão, essas peças serão exibidas como textos e transpostas para suportes que pedem a participação do público, convidado a pensar em questões que concernem à arte, ao cotidiano e aos contextos políticos e sociais. 

Realizadas desde os anos 1950, tais ações tornaram-se paradigmáticas de toda a sua produção, pois sintetizam seus principais interesses e lidam com diferentes esferas, do prosaico ao mais contestador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.