Sertão Sem Fim

Tragédia familiar que se desenvolve no meio do mato, Olho de Boi, de Hermano Penna, bebe na fonte de Guimarães Rosa para contar a história do jagunço Modesto (Genésio de Barros) e seu filho Cirineu (Gustavo Machado, melhor ator no Festival de Gramado). Amparado no silêncio e diálogos precisos (melhor roteiro em Gramado, para Marcos Cesana), o filme tem fotografia encantadora.

O Estadao de S.Paulo

28 Agosto 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.