1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Rodrigo Moura deixa direção de arte de Inhotim

- Atualizado: 01 Fevereiro 2016 | 21h 05

Instituto de arte em Minas Gerais vai realizar reunião para definir novo curador

O curador Rodrigo Moura
O curador Rodrigo Moura

O Instituto Inhotim confirmou nesta segunda-feira, 1, a saída de Rodrigo Moura do cargo de diretor-artístico da instituição. Segundo a assessoria de imprensa de Inhotim, foi uma decisão em acordo e uma reunião será realizada depois do carnaval para definição de novo curador para o instituto, localizado em Brumadinho, Minas Gerais.

Moura integrava a equipe de Inhotim desde 2004 e foi nomeado para a direção artística da instituição em dezembro de 2013. Na época, ele substituiu a coreana Eungie Joo. Recentemente, em novembro, ele inaugurou a Galeria Claudia Andujar, da qual foi curador e idealizador. O pavilhão dedicado ao trabalho da fotógrafa com os índios ianomâmis exibe mais de 400 obras realizadas por Claudia Andujar entre as décadas de 1970 e 80. Projeto desenvolvido nos últimos cinco anos, consumiu R$ 12 milhões. 

 

 

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em CulturaX