REUTERS/Darren Ornitz
REUTERS/Darren Ornitz

Quadro de Pablo Picasso é leiloado por US$179 milhões e bate recorde mundial

Valor é o mais alto alcançado por uma tela

EFE

11 Maio 2015 | 20h48

 NOVA YORK - A pintura Les Femmes d'Alger (Versão 0), de Pablo Picasso, se converteu nesta segunda-feira, 11, no quadro leiloado mais caro do mundo ao alcançar a marca de US$179 milhões na casa Christie's, em Nova York.

A obra, realizada pelo pintor espanhol em 1955 e com dimensões de 114 por 156, 4 centímetros, é o ponto alto de uma série de 15 quadros com os quais ele revisou em chave cubista o quadro de mesmo de Eugene Delacroix. Picasso ficou obcecado pela obra, e acreditava ver nela a última de suas mulheres, Jacqueline Roque.

A obra da madurez de Picasso, que havia sido leiloada em 1997 por US$32 milhões, se revalorizou e superou o preço de Três Estudos de Lucian Freud, de Francis Bacon, tríptico que foi vendido em 2013 por US$142,4 milhões.

Mais conteúdo sobre:
Pablo Picasso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.