Persona

Bagatela Na manhã de anteontem, sir Paul McCartney deixou sua casa, em St. John`s Wood, ao norte de Londres, aparentemente tranqüilo. Chegou a sorrir e acenar para imprensa. Nem parecia que estava rumo ao Royal Courts of Justice, o tribunal londrino, onde horas depois enfrentaria mais um round de seu divórcio com a ex-mulher, a modelo Heather Mills. Ao que tudo indica, o derradeiro round. No meio do caminho, McCartney até parou para tomar um café. A portas fechadas, ele ofereceu cerca de 50 milhões de libras para colocar um ponto final nas negociações - uma mordida considerável em sua fortuna, estimada em 830 milhões de libras. Ou, como manchetou um jornal britânico, o beatle se desapegaria de "50 milhões (de libras) to Let it Be". À noite, foi visto numa galeria londrina, ao lado dos filhos e de outros ilustres convidados, como a atriz Gwyneth Paltrow. Ele, agora, aguarda para saber se a ex vai aceitar essa pequena "bagatela". YouTube A Mostra Internacional de Cinema sempre primou pelo ineditismo. Neste ano, porém, os organizadores Leon Cakoff e Renata de Almeida selecionaram pela primeira vez um filme que viram no YouTube. Trata-se de um trabalho antigo: o curta C?Était un Rendez-Vous (1976), do francês Claude Lelouch, um dos principais convidados e que terá uma seleção de seus filmes na 31ª Mostra, a partir do dia 19. Leon e Renata gostaram tanto do filme que decidiram exibi-lo na cerimônia de abertura da Mostra no dia 18, antes do longa O Passado, de Hector Babenco, no Auditório Ibirapuera. C?Était un Rendez-Vous mostra uma moto que percorre em oito minutos, a mais de 200 quilômetros por hora, todo o perímetro de Paris - tudo para não chegar atrasado a um encontro com a namorada. Os monumentos da capital francesa, que normalmente convidam à contemplação, são vistos de relance, em um clima de tensão e urgência. Lelouch filmou às 5h30 da manhã, para evitar o trânsito. O filme ficou tão conhecido que foi usado em um clipe da banda escocesa Snow Patrol. Versão paraguaia A Embaixada Brasileira em Assunção, no Paraguai, em projeto de valorização da nova dramaturgia nacional, fez estrear ontem, em seu Teatro Tom Jobim, para uma temporada de um mês, com ingressos gratuitos, o espetáculo Adivine Quien Vene, do jornalista Dib Carneiro Neto, editor do Caderno 2. A peça fez temporada em 2005/2006 em São Paulo, Rio e mais 30 cidades brasileiras, com Paulo Autran e Claudio Fontana, dirigidos por Elias Andreato. No Paraguai, o grupo responsável pela montagem é o mais veterano daquele país, o Arlequin. Em cena, nos papéis de pai e filho, estão os atores José Luis Ardissone e Pablo Ardissone, que também são pai e filho na vida real. Com convites para dois festivais no Chile e um na Bolívia, no ano que vem, a versão paraguaia de Adivinhe Quem Vem para Rezar incluiu a Missa en Si bemol, de Bach, na trilha sonora, e manteve em uma das cenas a íntegra do poema Mal Secreto, de Raimundo Correa, com o cuidado de avisar ao público que se trata de um poeta "brasileño". Recuerdos Eles bateram perna por São Paulo, mas foi no set de Blindness que Julianne Moore e Mark Ruffalo encontraram o que mais os encantou no Brasil: as esculturas de Maria Clara Fernandes. Os dois quiseram comprar, mas Fernando Meirelles e Cia. lhes deram como recuerdos. Mark levou para sua mulher, que espera um bebê, In Città, escultura que representa o torso de uma grávida. Julianne levou uma maquete. Depois da Tropa Na esteira de Tropa de Elite, vem aí outro livro sobre polícia e tráfico no Rio de Janeiro. Acionistas do Nada: Quem São os Traficantes de Droga, de Orlando Zaccone, será lançado pela Revan na terça-feira, na livraria Letras e Expressões, no Rio. O autor, que foi jornalista e hoje é delegado titular do 52º DP, em Nova Iguaçu, tornou-se mestre em Ciências Penais defendendo tese sobre o assunto na Universidade Cândido Mendes. Vespeiro Diogo Mainardi, que gosta de mexer, cutucar, revirar o vespeiro "vermelho", recebeu um contra-ataque da turma socialista, na quinta-feira. Jovens do movimento chegaram à porta da Abril, que edita a Veja na qual ele é colunista, levando um caixão, colocado na entrada da editora e cobriram com 200 quilos de estrume. Era o enterro simbólico de Diogo que, neste fim de semana, terá um novo livro chegando: a Record lança Lula é Minha Anta, livro em que Diogo reúne crônicas e comentários com bastidores da construção de cada texto. Aviação Vem aí um teste de qualidade da aviação brasileira para ninguém botar defeito. No início de 2008, técnicos da Organização de Aviação Civil Internacional (OACI), ligada às Nações Unidas, começam a analisar uma farta documentação e a vasculhar de alto a baixo os controles, a infra-estrutura e a formação de profissionais de aviação do Brasil. O trabalho estava previsto para depois, mas o governo brasileiro pediu sua antecipação. Ele começa na sede da OACI, em Montreal, Canadá, e deve se estender até 2009, com exames in loco dos procedimentos. Miúdas O espetáculo infanto-juvenil Dia de Brinquedo, Poesia a Gente Inventa! faz, hoje e amanhã, espetáculos gratuitos, no Teatro Stúdio 184, na Praça Roosevelt. Paulo Vanzolini participa amanhã, às 19 horas, do espetáculo História da Música Caipira, apresentado pelo Grupo Vocal da Universidade IMES. O Projeto Meio-Dia apresenta, com entrada franca, Michel Freidenson Jazz Trio, amanhã, no clube A Hebraica. A Osusp apresenta Dominó Sinfônico, no Auditório Ibirapuera (área externa), concerto com a participação do ator Wellington Nogueira, amanhã, a partir das 11 horas. E a Osesp apresenta amanhã, na Sala São Paulo, às 17 horas, o clássico As Quatro Estações. A Cultura Inglesa exibe amanhã, às 18 horas, sessão da Mostra Curta Cultura, na Sala Cultura Inglesa do CBB - Centro Brasileiro Britânico, em Pinheiros.

O Estadao de S.Paulo

13 Outubro 2007 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.