Persona

Prejuízo moral Quem andou viajando para o exterior, neste período de trágicas notícias, e reparou no noticiário das televisões italiana, portuguesa, inglesa, americana, garante que os prejuízos do desastre de Congonhas para o Brasil são incalculáveis. Não só na área do turismo, o que seria uma reação evidente, mas temporária. O prejuízo é maior. É moral. Instala-se no exterior a desconfiança na capacidade e na responsabilidade do País na gestão de setores de importância vital. O apagão aéreo é apenas um deles. Um sentimento que existia antigamente mas havia sido superado pelos passos que o Brasil deu na direção certa. Agora, demos marcha a ré. Projeto cultural Enquanto o julgamento do mensalão toma conta do STF, o presidente do TSE, ministro Marco Aurélio Melo, está em plena campanha. É que ele trabalhou durante todo o recesso em um projeto que virou a menina dos seus olhos: a restauração de um dos prédios mais bonitos do Rio de Janeiro, a antiga sede do Supremo Tribunal Federal e do TSE. Melo quer transformar o edifício em centro cultural. Pensando a moda Hoje, um grupo de articuladores da moda brasileira se reúne no Sophia Bistrô. Liderados por Camila Yahn, Barbara Bicudo e Marcelo Jabur, o conselho do projeto Pense Moda, é formado por Alexandre Herchcovitch, Bob Wolfenson, Doris Bicudo, Eduardo Jordão, Jackson Araújo, Ligia Rocha, Sebastien Orth e Waldick Jatobá. O Pense Moda, que se propõe discutir os rumos da moda brasileira, acontecerá em novembro, no Shopping Iguatemi, e trará ao País alguns dos mais célebres nomes da moda internacional. Ensinado Oswald Pouca gente sabe que Zé Celso, além de ser diretor de teatro, é um estudioso dos textos de Oswald de Andrade. Por isso, ele foi convidado pela Casa do Saber para ministrar uma aula por lá. Ele vai apresentar os fundamentos da cultura brasileira na visão oswaldiana, calcada na antropofagia. As aulas serão em forma de seminários com leituras dos principais textos filosóficos de Oswald. São 5 encontros, a partir de hoje. De casa em casa Uma centena de alunos e 12 professores da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo começam neste segundo semestre a participar do programa de saúde da família em seis Unidades Básicas de Saúde - UBS - da região Sé e Santa Cecilia, da Capital. O objetivo é acompanhar essas famílias junto com o Agente Comunitário e identificar os problemas que mais incomodam os residentes e trabalhadores desta região, seja nutrição, atividades físicas, prevenção de doenças transmissíveis, e montar um programa para atender a essa demanda. O inicio dessa fase do projeto coincide com a entrega, pela Faculdade, de seis eletrocardiógrafos, 24 otoscópios, 18 mesas de exames ginecológicos, 24 balanças e outros itens para as UBSs. miúdas Aniversário de Neiva Rizotto, Edison Paes de Melo, Carlos Henrique Cotta, Jonas Siaulys e Fabio Carramaschi. Eduardo Campos, governador do Pernambuco, é o convidado do Lide, para almoço-debate, no Hotel Renaissance. Bruno Stippe, presidente da FIC, Federazione Italiana Cuochi, Giancarlo Marcheggiani e Massimo Ferrari recebem para o jantar comemorativo de um ano das atividades da FIC no Brasil, no Terraço Itália. Luiz Felipe Miranda, presidente da Avon Brasil, comanda a festa do 13º Prêmio Avon de Maquiagem, na Bienal. José Mindlin participa da Noite Cultural da Expedição Vaga Lume, na Livraria da Vila da Alameda Lorena. Daniel Filho recebe para a pré-estréia de seu filme Primo Basílio, no Cinemark do Shopping Iguatemi. Juscelino Pereira comemora três anos de seu Restaurante Piselli, com exposição do fotógrafo Marcelo Coelho. Fabrizio Rollo dá uma aula sobre as tendências para a moda masculina na próxima estação, na Escola São Paulo. O Restaurante Thai Gardens realiza, até o fim de agosto, festival de sopas tailandesas. Anote na agenda Semana carregada de opções. Destaque, mesmo, só para o Grupo Corpo e para Vik Muniz. Hoje - A Studio 3 Cia. de Dança apresenta, no Teatro Itália, o espetáculo Solos e Duos. Amanhã - O conjunto vocal-instrumental La Capilla Real de Madrid, sob a regência de Oscar Gershensohn, se apresenta, no Teatro Cultura Artística. O Instituto Cervantes abre o 5º Festival de Cinema Catalão, com a exibição do filme Fumata Blanca, de Miquel Garcia Borda, no Centro Cultural São Paulo. Paulo Moura e Cliff Korman fazem show na Mostra Instrumental das Américas, no CCBB. A banda carioca Blues Etílicos faz show de lançamento do CD Viva Muddy Waters, no Sesc Vila Mariana. Quarta - O Grupo Corpo estréia, no Teatro Alfa, seu novo trabalho, Breu, coreografia de Rodrigo Pederneiras com música de Lenine. O Centro Cultural São Paulo apresenta a 16ª edição do evento O Masculino na Dança, que apresentará oito trabalhos coreográficos criados e interpretados por homens, cujo primeiro programa apresentará Sobre Deuses, Sonhos e Outras Fragilidades, com Marcos Buiati, Espere os Ventos, com Fábio Dornas, Free Corpo Style, com Thiago Arruda, e A Caminho, com Alexandre Tripiciano. A baterista americana Cindy Blackman se apresenta, no Sesc Pompéia. Emily Yamada e Sylas Rizzo estréiam o espetáculo As Idéias Sujas de Laura Beckman, de Pasqual Lourenço e Pedro Tudech, no Teatro Augusta. Vik Muniz inaugura a exposição The Beautiful Earth, na Galeria Fortes Vilaça e no Paço das Artes, que também abre as exposições Rescue Smoke (Fumaça de Resgate), de Camila Sposati, e Invisíveis, de Camille Kachani. A Livraria Cultura do Conjunto Nacional inaugura seu espaço de exposições com a exposição Anne Frank - Uma História para Hoje, feita em parceria com a WZM Plataforma Brasil Holanda e produzida pela Anne Frank House de Amsterdam. Quinta - A Osesp recebe o regente paulista Fabio Mechetti e o violoncelista espanhol Asier Polo como convidados, na Sala São Paulo. No programa, obras de Darius Milhaud, Camille Saint-Saens, Franz Liszt e Villa-Lobos. O projeto Memorial Sinfônico apresenta a Orquestra Sinfônica Municipal de Santos, no Memorial da América Latina, sob regência do maestro Luís Gustavo Petri. Ana Carolina estréia o show Dois Quartos, no Tom Brasil. O quarteto carioca Boca Livre inicia temporada, no Teatro Fecap. O Sesc Pompéia apresenta, no Festival Palco Giratório Brasil 2007, o espetáculo Aos que Virão Depois de Nós: Kassandra in Process, com a Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz, de Porto Alegre. Marcos Americano apresenta sua performance-solo-manifesto Dia dos Loucos, com supervisão artística de Denise Stoklos, na Sala Subterrâneo do Instituto Cultural Capobianco. A Galeria Millan inaugura as individuais de Paulo Climachauska, com a série inédita Forest - All, e da fotógrafa Christiana Carvalho. O Instituto Cervantes de São Paulo abre a Exposição Austral, da fotógrafa chilena Magdalena Correa, no Museu da Casa Brasileira. A Galeria Berenice Arvani inaugura a mostra Judith Lauand - 50 Anos de Pintura. Sexta - A Sinfônica Municipal, sob a regência do maestro José Maria Florêncio, tendo como solista a cantora Luisa Francesconi, apresenta a Rapsódia para Contralto, de Brahms. O programa ainda conta com obras de Debussy, Lutoslawski, e Richard Wagner, no Municipal. A cantora, compositora, baixista e violonista cubana Yusa faz show, no Sesc Pompéia. Jane Duboc, Pedro Mariano, Leny Andrade e Julio Cesar Figueiredo fazem homenagem a Dick Farney, no projeto Alguém Como Tu: Dick Farney, no Sesc Vila Mariana. Taís Araújo e André Fusko estréiam o espetáculo Os Solidores!, de André Fusko, com direção de Vivian Buckup, no Espaço dos Parlapatões. Com direção de Bibi Ferreira, estréia a comédia As Encalhadas, com Miriam Palma, no Teatro Paulo Eiró. O Grupo Galpão estréia o espetáculo Pequenos Milagres, com direção de Paulo de Moraes, iniciando as comemorações de seus 25 anos, no Teatro Sesc Anchieta. Marcelo Reis estréia o espetáculo O Assassinato de Wilhelm Reich, com direção e dramaturgia de Marcos Davi, no Teatro Ruth Escobar. Ana Andreatta, Eduardo Estrela, Ester Laccava, Fernanda Couto e Marcos Cesana estréiam A Festa de Abigaiu, do inglês Mike Leigh, no Teatro Cultura Inglesa. Sábado - Emanoel Araujo abre quatro exposições no Museu Afrobrasil: Imagens Perversas e Inocentes, com 800 obras, entre pinturas, gravuras, fotos, objetos e esculturas; Brasil África - Unidade Original, reunindo fotos de Paulo Cesar Soares e Victor Ribeiro; Paisagem do Vento, com pinturas de Kazuhiro Mori; e Rubens Ianelli, a produção recente do artista. A Velha Companhia estréia o espetáculo Ay, Carmela!, de José Sanchis Sinisterra, dirigido por Marco Antônio Braz, no Instituto Cultural Capobianco. A Orquestra Tubatango apresenta o show Tango e Paixão, no Teatro São Pedro. Maria Leonor Décourt inaugura a exposição Passagens, na Graphias. Domingo - Amaral Vieira toca ao lado da Orquestra Experimental de Repertório os solos da Wanderer Fantasie, de Schubert e Liszt, e, na segunda parte do programa, o maestro Jamil Maluf comanda a Sinfonia nº 5, de Tchaikovsky, no Teatro Municipal. A Fundação Maria Luisa e Oscar Americano apresenta recital do duo Alex Klein (oboé) e Viviane Taliberti (piano). O Duo Elisa Fukuda e Giuliano Montini faz um recital de violino e piano com repertório de música erudita no Museu da Casa Brasileira.

Cesar Giobbi, persona.estado@grupoestado.com.br, O Estadao de S.Paulo

07 Julho 2030 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.