O lendário Valentino dá adeus às passarelas

Estilista italiano mostrou na quarta, em Paris, sua última coleção prêt-à-porter

O Estadao de S.Paulo

04 Outubro 2007 | 00h00

Valentino, ícone da moda italiana, apresentou na quarta-feira, em Paris, sua última coleção prêt-à-porter. Além de homenagem emocionada, o estilista ganhou um puxão de orelha do amigo Karl Lagerfeld, que disse estar-se apostantando cedo demais. Após 45 anos de carreira, comemorados durante três dias em julho, em Roma, Valentino explicou que sua saída de cena se dará em janeiro, quando fará uma mostra de alta-costura em Paris. Esta foi sua última coleção para sua grife. A decisão de ser retirar também teve como fator a compra do Valentino Fashion Group pela empresa Permira, que quer um nome mais jovem para chefiar a área criativa da grife. Nos próximas temporadas, Alessandra Facchinetti, atual estilista da Gucci, responderá pela concepção das coleções de Valentino. ''''Queria que minha última coleção fosse jovem e alegre, um tributo aos fãs'''', declarou, o estilista. E conseguiu. Ao som de Prince, a top russa Natalia Vodianova, de volta às passarelas três semanas após dar à luz, abriu o desfile com um agasalho curto de cashmir rosa e lilás. Os looks seguintes esbanjaram feminilidade e evocaram os anos 80, com direito a bolinhas, grafismos, laços dourados. Despedida emocionante e emocionada para um estilista que vestiu de Jackie Kennedy a Gwyneth Paltrow.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.