Andreu Dalmau./ EFE
Andreu Dalmau./ EFE

Museu vai restaurar obra de Pablo Picasso na frente do público

O quadro 'Ciência e caridade' este ano completa 120 anos

EFE

04 Dezembro 2017 | 16h27

O Museu Picasso, em Barcelona, na Espanha, começará nesta terça, 5, a fase de restauração aberta ao público de Ciência e caridade, uma das obras mais emblemáticas do espaço e pintada por Pablo Picasso aos 16 anos.

Picasso produziu Ciência e caridade, que este ano completa 120 anos, numa oficina muito perto do atual museu e apresentou o trabalho na Exposição Geral de Belas Artes, que aconteceu em Madri. Na ocasião ele competiu com artistas consagrados e obteve menção honrosa.

A enorme tela é uma obra que adere aos preceitos e a técnica da academia e é considerada a obra máxima do seu primeiro período de juventude.

Após estudos prévios, um equipamento móvel foi instalado nas salas do Museu para que o público possa continuar vendo o quadro enquanto ele é restaurado.

"As pessoas gostam de conhecer este tipo de curiosidade", afirmou o diretor do Museu Picasso, Emmanuel Guigon.

 

Mais conteúdo sobre:
Pablo Picasso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.