Tasso Marcelo/AE
Tasso Marcelo/AE

Morre no Rio o artista Ivens Machado

Escultor, gravador e pintor, ele sofreu um acidente em sua casa na noite de terça-feira

Camila Molina, O Estado de S. Paulo

13 Maio 2015 | 14h04

Morreu na noite desta terça, 12, no Rio, o artista Ivens Machado, aos 73 anos. Nascido em Florianópolis (SC), ele caiu de uma escada em sua casa, na Avenida Niemeyer, e não sobreviveu ao acidente. Segundo a Galeria Fortes Vilaça, que estava iniciando negociações para representar comercialmente a obra do escultor, pintor e gravador, o corpo de Ivens Machado será velado nesta quarta, das 14 h às 18 h, no Cemitério da Penitência, bairro do Caju, Rio de Janeiro. A cerimônia de cremação ocorrerá na quinta-feira, às 15 h, no mesmo local.

Ivens Machado tem uma obra marcada pelo intenso uso de materiais dos mais diversos, como o concreto, pedras, vidro, telhas e madeira. "Não sou arquiteto, mas sempre gostei de construir espaços de abrigo", afirmou o artista ao Estado, em 2002, por ocasião de sua retrospectiva na Pinacoteca do Estado de São Paulo. "Uma das minhas buscas é o primitivo", também comentou na época sobre a rusticidade que queria trazer para suas criações. Muitas vezes, ainda, as peças do escultor recebiam cores através do uso de pigmentos.

O artista, que nasceu em 1942, mudou-se em 1964 para o Rio de Janeiro, onde foi aluno de Anna Bella Geiger na Escolinha de Arte do Brasil. O primeiro importante marco de sua trajetória ocorreu anos depois, em 1973, quando Ivens Machado apresentou a instalação Cerimônia em Três Tempos no Museu de Arte Moderna do Rio e participou da 12.ª Bienal de São Paulo.    

Conhecido mais amplamente por seu trabalho escultórico, o artista também tem criações no campo da videoarte e realizou, entre as décadas de 1970 e 80, a conhecida série dos Cadernos, de caráter político e na qual Machado desorganizava as pautas de cadernos escolares. "Para aquela época, parti da ideia de que o papel pautado era um tipo de controle, já que as pessoas não podiam escrever livremente", explicou.  

 

Mais conteúdo sobre:
Artes Artes Visuais Ivens Machado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.