Reprodução
Reprodução

MoMa recebe obras de artistas brasileiros e latino-americanos

Criações de Cildo Meireles, Mauro Restife e Cinthia Marcelle estão entre as 90 obras de dez países

O Estado de S.Paulo

22 Janeiro 2018 | 11h46

O Museu de Arte Moderna (MoMA) de Nova York anunciou que recebeu a doação de 90 obras de arte contemporânea da Colección Patricia Phelps de Cisneros, com peças contemporâneas de 48 artistas latino-americanos do museu de dez países Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Cuba, Guatemala, México, Peru, Uruguai e Venezuela.

Além de obras de artistas renomados que já estavam representados na coleção do museu - como Luis Camnitzer, Gabriel Kuri, David Lamelas, os brasileiros Jac Leirner, José Leonilson, Cildo Meireles e o radicado no Brasil Miguel Rio Branco –, 24 artistas entraram na coleção do museu pela primeira vez, incluindo Feliza Bursztyn, Alejandro Cesarco, Eugenio Espinoza, Regina José Galindo, Mario García Torres, Claudio Perna, Amalia Pica, Wilfredo Prieto, José Alejandro Restrepo, Yeni & Nan, e David Zink Yi e os brasileiros Mauro Restiffe e Cinthia Marcelle.

Duas obras que contam histórias e preocupações latino-americanas, uma do artista alemão Lothar Baumgarten e outra do neozelandês Michael Stevenson, também fazem parte do conjunto.

+ MoMA expõe roupas icônicas

Entre as obras doadas, muitas compreendem o abstracionismo geométrico, além de uma guinada dos artistas latino-americanos em direção ao vídeo, a performance, fotografia e outras formas participativas de arte. A nova coleção abre-se para um diálogo entre uma geração emergente de artistas latino-americanois nas áreas de fotografia, mídia, performance e arte conceitual das décadas de 1960 e 1960.

+ MoMA recebe a maior doação de arte latino-americana

Estas novas adições à coleção consolidam um diálogo importante entre uma geração emergente de artistas e as obras latino-americanas de fotografia, mídia e performance, e arte conceitual das décadas de 60 e 70 do museu.

+ Designers brasileiros conquistam o MoMa

Mais conteúdo sobre:
Moma

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.