1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Igreja da Pampulha é pichada e painel de Portinari fica danificado

- Atualizado: 21 Março 2016 | 18h 41

Equipe técnica do Iphea será mandada ao local para que sejam avaliados os danos causados pela ação de vandalismo

A igrejinha de São Francisco de Assis, na Pampulha, foi alvo de pichadores
A igrejinha de São Francisco de Assis, na Pampulha, foi alvo de pichadores

BELO HORIZONTE - Um dos cartões postais de Belo Horizonte, a Igreja de São Francisco de Assis, conhecida como a Igrejinha da Pampulha, foi pichada na madrugada desta segunda-feira, 21. O monumento é tombado pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A depredação ocorreu em um painel de Cândido Portinari, sobre São Francisco, e na lateral da igreja. Acionada por funcionários, a Polícia Militar fez um Boletim de Ocorrência, conforme informações da Arquidiocese da capital.

O monumento faz parte do Conjunto da Pampulha, planejado por Oscar Niemeyer, do qual fazem parte ainda a Casa do Baile, o Iate Tênis Clube e o Museu de Arte. O complexo concorre para se transformar em patrimônio cultural da humanidade pela Unesco. Porém, obras realizadas no Iate Tênis Clube poderão ter que ser removidas para a concessão do título. O Conjunto da Pampulha foi construído em 1943 a pedido do então prefeito da cidade, Juscelino Kubitschek.

Em nota, O Instituto Estadual de Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha-MG) afirmou que orientações para a limpeza do monumento serão repassadas à arquidiocese de Belo Horizonte. O texto diz que "o Iepha-MG informa que enviará uma equipe técnica ao local nesta terça-feira, 22, para que sejam avaliados os danos causados pela ação de vandalismo ocorrida na Igreja da Pampulha.

Esclarecemos ainda, que será elaborado um relatório com as informações de como a Arquidiocese de Belo Horizonte deverá realizar a limpeza. O Iepha-MG se coloca à disposição para um trabalho em parceria com os demais órgãos de proteção – Prefeitura e Iphan-MG - com o objetivo de adotar as medidas necessárias para a conservação do bem".

 

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em CulturaX