Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Galeria de arte Tate perde patrocínio de 30 anos com a petroleira BP

Artes

Divulgação

Cultura

Galeria de arte Tate perde patrocínio de 30 anos com a petroleira BP

Segundo a empresa, após registrar o pior prejuízo anual de sua história, a parceria vai acabar em 2017

0

Reuters

11 Março 2016 | 16h35

LONDRES  - A petroleira britânica BP anunciou na sexta-feira, 11, que não vai renovar seu patrocínio de quase 30 anos à galeria de arte Tate, semanas depois de registrar o pior prejuízo anual de sua história, o que a obriga a cortar despesas.

“Estamos lidando com um ambiente de negócios extremamente desafiador e reduzindo gastos”, disse um porta-voz da empresa. “Como resultado, decidimos relutantemente não renovar nossa parceria de longa data com a Tate Britain.”

A empresa, que não divulgou o valor do patrocínio, vem sendo afetada pela queda do valor do preço do petróleo e informou que terá que economizar US$ 7 bilhões até 2017, quando termina a parceria.

A BP patrocinou várias exibições da galeria britânica, incluindo a série BP Spotlights, que recentemente abrigou Minha Cama, instalação de Tracey Emin, de 1998, que conquistou o Prêmio Turner de 1999.

A galeria já foi alvo de protestos por causa de sua associação com a BP, entre eles uma ocupação parcial de ativistas que lutam contra mudanças climáticas.

 

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.