Eterno recomeço

Com grandes anúncios de página inteira, a Eletromídia - empresa de painéis eletrônicos que foi a última a respeitar o decreto Cidade Limpa, graças a liminares - se despediu com o texto Até mais, São Paulo. Ou seja, tem certeza de que, mudando a administração municipal, em janeiro de 2009, tudo voltará ao que era. Pelo histórico paulistano, paulista e brasileiro, não há como não dar razão ao texto, mesmo não concordando com o teor. Aqui, toda administração nova, mesmo que seja do mesmo partido, pára e muda tudo o que a anterior fazia. Única exceção a ser lembrada: o governo Lula manteve a política econômica do governo FHC. Ponto final. É um eterno recomeçar, para não se chegar a lugar nenhum.

O Estadao de S.Paulo

07 Julho 2031 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.