Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Estudioso descobre 'dente do pecado' na Pietà de Michelangelo

Artes

Scala, Florença

Estudioso descobre 'dente do pecado' na Pietà de Michelangelo

Fato simboliza que Jesus leva consigo os pecados do mundo

0

Ansa

18 Março 2017 | 12h34

A Pietà, famosa escultura do italiano Michelangelo que se encontra na Basílica de São Pedro, em Roma, é repleta de simbolismos e significados ocultos, como vários dos trabalhos do artista italiano. Mesmo assim, nem os mais apaixonados por arte devem ter percebido a simbologia presente em um dos dentes de Cristo na obra.

Na realidade, o detalhe, imperceptível para quase qualquer pessoa, mas intrigante assim que é descoberto, trata-se de um dente a mais na boca de Jesus, um quinto incisivo central, considerado o "dente do pecado" na época (século 15), mas chamado pelos dentistas atualmente de mesiodens, o dente supranumerário mais comum. Mas porque Jesus Cristo teria um incisivo a mais? De acordo com o historiador de arte Marco Bussagli, da Academia de Belas Artes de Roma, a razão seria que Michelangelo queria mostrar na escultura que Cristo assumia para si todos os pecados do mundo.

"A ideia de um quinto incisivo como o dente do pecado em realidade é anterior a Michelangelo, o exemplo mais antigo é a Pietà de Lorenzo Salimbeni", disse o italiano durante uma leitura inaugural do 28º Congresso Internacional de Odontologia e Saúde Oral, realizado na cidade de Rimini pela Società Italiana di Parodontologia e Implantologia. Além de Michelangelo, que utilizou [o quinto dente] em alguns dos rostos do [afresco] 'O Juízo Final' [da Capela Sistina], o símbolo também aparece nas ilustrações de [Sandro] Botticelli do demônio da 'Divina Comédia'", afirmou Bussagli. (ANSA) 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.