Assine o Estadão
assine

Cultura

Dois detidos na Turquia por tentar vender quadro que seria de Van Dyck

Vários especialistas de arte asseguram que a obra é um original

0

AFP

10 Janeiro 2016 | 16h01

As autoridades turcas detiveram em Istambul dois homens por tentarem vender um quadro que poderia ser do célebre pintor flamenco do século XVII Anton Van Dyck, informou neste domingo a imprensa turca.

A pintura, considerada perdida, foi descoberta em Istambul quando dois homens de negócios da Geórgia tentaram vendê-la a um policial turco que se fez passar por comprador.

Os dois homens foram detidos em um hotel de luxo do bairro histórico de Topkapi, onde tentaram fechar a transação por 14 milhões de dólares (12,5 milhões de euros), segundo a imprensa.

Vários especialistas de arte em Istambul asseguram que a obra é um original de Van Dyck, embora a informação não tenha sido confirmada.

Considerado um dos grandes pintores da história, Anton Van Dyck criou mais de 800 obras antes de sua morte em 1641, aos 42 anos.

 

Comentários