BNDES apóia projetos de recuperação

PATRIMÔNIO

O Estadao de S.Paulo

07 Julho 2030 | 00h00

A cada dois anos, o BNDES seleciona três ''''cidades-pólo'''' que merecem prioridade na destinação de recursos para recuperação de seu patrimônio histórico. Até julho de 2009, os municípios que terão este privilégio serão Salvador (BA), Laguna (SC) e Marechal Deodoro (AL). Eles foram escolhidos por uma comissão formada por representantes do banco e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) por sua importância cultural e histórica. Os recursos serão disponibilizados pela Lei Rouanet e ainda dependem dos projetos a serem apresentados ao BNDES. Ouro Preto, Olinda e Rio de Janeiro já foram contemplados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.