Vida que se renova

Vida que se renova

Oscar Quiroga

09 Setembro 2014 | 20h33

 

Às 20h33 de terça-feira 9-9-14 a Lua que começou a minguar ingressou em Áries e está em quadratura com Plutão, trígono com Júpiter, oposição a Mercúrio e conjunção com Urano até 21h58 de quarta-feira 10-9-14, horário de Brasília. No mesmo período, Vênus e Netuno em oposição, Mercúrio e Júpiter em sextil.

Ainda que decidas com toda a firmeza de tua força de vontade desacreditar do amor, da Vida, das pessoas, ainda que decidas terminantemente nunca mais te entregar com confiança a alguém, por ter levado rasteiras de todos os tipos, provindas até dessas pessoas que não era para acontecer a contrariedade, a despeito de tudo isso e de tudo mais que sentiste e que ainda sentes, mesmo assim em algum momento um aroma, um dèjá vu, um gesto despercebido, algo vai fazer ressuscitar a conexão, e nada poderás fazer para te livrar desse momento, que te envolverá e abduzirá de tuas tentativas de cinismo.

A Vida se renova mesmo que faças de tudo para obstaculizá-la; mesmo que Tu decidas, como uma criança birrenta, permanecer de mal humor para sempre, em algum momento o sorriso iluminará teu rosto novamente e terás a boa vontade de ser feliz como se fosse a primeira vez, com a mesma intensidade pura e original.

Deixa-te carregar nos braços da Vida, quantos antes de ti tentaram fechar-se e não conseguiram, precisarias brandir uma teimosia maior que a da própria Vida para ganhar-lhe. Ninguém ganha da Vida, porque a Vida nos contém, mas nós não contemos a Vida.

Que tudo esteja certo ou que tudo esteja errado, essas coisas se alternam com velocidade assombrosa e se misturam e entretecem.

O sorriso voltará a iluminar teu rosto, o amor acenderá uma luz em teu coração e Tu retornarás ao anseio de compartilhar a Vida, porque é melhor assim.