O sonho que sonhas é o sonho que te sonha

O sonho que sonhas é o sonho que te sonha

Oscar Quiroga

15 Junho 2014 | 14h27

 

Às 14h27 de domingo 15-6-14 a Lua que míngua ingressou em Aquário e está em trígono com Marte, sextil com Urano, quadratura com Saturno e Vênus, e trígono com Sol e Mercúrio até 15h07 de terça-feira 17-6-14, horário de Brasília. No mesmo período, Mercúrio que retrograda ingressa novamente em Gêmeos.

Um dia nossa humanidade consolidará o poder de fazer com que os sonhos se transformem em realidade palpável, enquanto isso, nossa humanidade continuará percebendo a realidade através dos sonhos.

Sim, a verdade circunavega teu coração tentando se ancorar nele, Tu sonhas com teus sonhos, Tu te imaginas em mundos superiores, Tu sentes saudade de algo que nem sequer sabes se conheces. Nesses exercícios que o “mundo sério” te afirma serem apenas devaneios, a realidade se apresenta a ti através dos sonhos.

É um treino, pois já que ainda não sabes sonhar para realizar, o sonho que te sonha te treina para um dia te tornares capaz de inventar Universos através de sonhos, e realizá-los.

Por enquanto, teus sonhos nem sempre se realizarão ou serão verdadeiros, contudo, a verdade de tua realização continua sendo percebida através de sonhos.

Essas coisas que gostarias de pensar, ou dizer, ou escrever, mas que não te atreves, ou deixas para depois, são essas as coisas que sonhas, porque o sonho te faz perceber a realidade que ainda não te atreves a realizar.

Tens medo de agir, esse é o vínculo que torna tua presença unida a de toda a humanidade, viver com medo de agir. O que faças por ti nesse sentido o farás pela humanidade também, o que teus irmãos e irmãs façam para superar isso, o farão por ti também.

A fraternidade não é uma esperança tola de ingênuos, é uma força cósmica em plena atividade. Quando os Emissários do Divino falam a respeito de amor, não descrevem aventuras românticas, mas atestam essa realidade que o Divino sonha e que é a mais fiel expressão da verdade.

Por isso, com tantas coisas medíocres acontecendo por aí, o amor não devia ser nunca uma delas. Trata-o como o que ele verdadeiramente é, sagrado.