Comunidade

Comunidade

Oscar Quiroga

26 Junho 2014 | 18h05

 

Às 18h05 de quinta-feira 26-6-14 a Lua ingressou em Câncer para completar sua fase NOVA em trígono com Netuno, oposição a Plutão, quadratura com Urano, trígono com Saturno, quadratura com Marte e conjunção com Júpiter até 22h02 de sábado 28-6-14, horário de Brasília.

O sonho da casa própria, um teto onde cair morto, Tu te esmeras para construir o sonho da casa luminosa e nela habitar, um lugar de proteção. Tudo que está interligado a esse sonho atinge tua sensibilidade, é um assunto que te deixa sensível.

É um sonho compartilhado, a casa própria é a casa de nossa humanidade, o sonho comunitário que ferveu no coração dos que idealizaram sociedades justas e igualitárias, onde todos tivessem oportunidades de prosperidade, acesso à educação e todas as necessidades básicas fossem supridas com relativa facilidade.

A comunidade, mesmo que não te importes com ela, é nela que existes e é nela que depositas teus pecados e virtudes. A comunidade te devolve tudo aumentado.

A comunidade é um estado de ser no qual a esperança vive lado a lado com as expectativas e com as distorções que frustram essas expectativas, pois mesmo que penses que vives somente para ti, e que nem te dês ao trabalho de pensar se é para ti que vives, tua vida se desenvolve na comunidade, que não é um conglomerado de indivíduos, é um espírito, é a alma do mundo.

Os infinitos objetivos de nossa humanidade produzem miríades de oportunidades, e todas residem sob o mesmo teto, o da comunidade, onde os pedaços de nossos sonhos particulares se entretecem com os pedaços de nossos semelhantes e assim vão, de tempos em tempos, surgindo novas idéias que aqui e lá uma que outra pessoa se apropria, imaginando que é diferente da comunidade, maior do que ela.

Quanto já não se convenceram disso! Todos voltaram ao pó e foram esquecidos, porque vieram outros com as mesmas pretensões.

A comunidade é maior do que o somatório dos indivíduos, é a razão de ser de nossa humanidade.