Aproximação ao Divino

Aproximação ao Divino

Oscar Quiroga

22 Outubro 2012 | 13h00

Das 13h de segunda-feira 22-10-12 até 7h06 de terça-feira 23-10-12, horário de verão de Brasília, a Lua que cresce em Aquário está em sextil com Marte e trígono com Júpiter. Às 23h16, horário de verão de Brasília, de segunda-feira 22-10-12 o Sol ingressa no signo de Escorpião.

Aproximar-se ao divino é aprimorar-se nas obras que das próprias mãos surgem, como resultado de longos processos de planejamento e envolvimento emocional.

Quem pensar que se pode obrar perfeição como efeito de milagre ou por mera programação mental trilha o caminho da ignorância, pois ocupa sua mente com o equivocado e preguiçoso pensamento de que, sendo humano, e por isso agente do destino, poderia ficar à margem de sua função cósmica e apenas observar a vida fazendo tudo.

Há toda uma dimensão de ideais prontos e disponíveis para se precipitar na realidade objetiva e cujos resultados seriam a melhoria imediata e progressiva da civilização.

Por que nada acontece? Ora! Ou porque nossa humanidade anda sempre ocupada em conflitos inúteis, tentando diminuir adversários quando na verdade deveria se aliar a eles para trabalhar; ou também nada acontece porque nossa humanidade é preguiçosa mesmo, confundindo a visão dos ideais com a sua execução.

De uma forma ou de outra o resultado continua o mesmo, sabemos que poderia haver maior progresso, reconhecemos que tudo está disponível, mas continuamos passando os dias envolvidos em situações aleatórias, que não conduzem a nada verdadeiramente bom, belo ou verdadeiro.

E se este estado de coisas não fosse suficientemente ruim para nós e para as futuras gerações, ainda por cima têm esses “espalha-brasas” e “atiradores de pedra” que não são capazes de conceber em suas mentes a idéia de que este mundo nunca progredirá senão houver a corajosa atitude de eliminar as guerras inúteis, que são ideológicas, religiosas e econômicas.