A distância entre o céu e a terra

A distância entre o céu e a terra

Oscar Quiroga

19 Junho 2014 | 18h26

 

Às 18h26 de quinta-feira 19-6-14 a Lua QUARTO MINGUANTE ingressou em Áries e está em quadratura com Plutão, oposição a Marte, conjunção com Urano, quadratura com Júpiter e sextil com Mercúrio até 19h24 de sábado 21-6-14, horário de Brasília. No mesmo período, Sol e Mercúrio em conjunção, e o Sol ingressa em Câncer no sábado 21-6-14 às 7h51, horário de Brasília.

Justo quando emergir a voragem de palavras e argumentos nos quais a tua alma se sente compelida a participar da verborragia, a oportunidade será a de conquistar certa medida de controle sobre teus pensamentos.

Teus impulsos não são soberanos, Tu és a alma que deve empunhar as rédeas desses.

Ainda que te pareça impossível, ainda que o momento pareça absoluto e não haja outra opção que a de perder a cabeça e se deixar carregar pelo fragor da situação, o princípio de Vida que te anima permanece incólume e Tu podes assentar tua consciência nesse.

Nesse silêncio de teu interior, enquanto o fragor violento continuar parecendo indômito, despreza sistematicamente os pensamentos e palavras danosas, enxerga a meta, o objetivo supremo e te consagra a conquistá-lo.

Somente encontrarás tua vitória quando tenhas perdido a vontade de continuar te envolvendo nas discussões intermináveis onde ninguém vence, todos perdem.

Encontra tua verdade, teu pedacinho de mosaico que precisa ser colocado na perspectiva do grande desenho que faz em conjunto com todos os outros pedacinhos.

Discrimina o justo do injusto sendo equânime e imparcial, reconhece que tua justiça particular pode muito bem ser a injustiça de outrem, e que ao mesmo tempo o que pareça justo a outrem possa ser tua particular injustiça.

Enquanto isso, há uma justiça que é indiferente à relatividade das justiças e injustiças humanas.

É importante que saibas o que é justo para ti e que te esforces para viver seguindo as regras dessa justiça, mas ainda mais importante é que reconheças não saber ao certo o que é justo para teus semelhantes, para aceitar que todas as pessoas são meritórias e que todas fazem como Tu, se esforçam para ser justas.

Abandona a guerra inútil que se trava sistematicamente, há coisas mais valiosas com que gastar o pouco tempo que tens entre o céu e a terra.

Quando o Sol ingressar em Câncer acontecerá o solstício de inverno no hemisfério sul.

Saúda o céu e a terra, aceita que teu coração é o lugar onde se decide qual será a distância que separa ou aproxima estas duas dimensões que parecem tão contraditórias entre si.