As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Corpinho de brasileira, lição número 1

Ricardo Lombardi

22 Junho 2007 | 00h41

Esta aqui é muito boa: todo ano surge uma nova moda nas academias de ginástica. Afinal, é preciso ser criativo para atrair os alunos para dentro da chatice que é freqüentar esses lugares. Pois bem, depois do pilates, do kick-boxing e do spinning, chegou a vez de uma técnica chamada bodyBrasil (assim mesmo, com letra minúscula e tudo junto), inventada pelo americano Brett Hoebel, fundador da Hoebel Fitness. Até a Vogue americana indicou para as suas leitoras. A descrição do método, segundo o próprio Hoebel, é a seguinte: “As featured in Vogue and Shape magazine, bodyBrasil™ is a total-body conditioning class that fuses lower-body and core strengthening drills from capoeira with upper-body exercises using weights. Without bulky equipment, this class teaches you how to get your body ready for the beaches of Brazil!”

Ou seja, a idéia parece que é fazer com que as mulheres americanas fiquem tão gostosas ao ponto de serem confundidas com as brasileiras das praias do Rio de Janeiro. É isso? Uma entrevista com Brett esclareceria tudo. Afinal, de que cartola ele tirou esse método?

PS: Para quem quiser experimentar (e fotografar) as aulas, elas acontecem todas as quartas-feiras, às 19h30, na academia Aerospace, em Nova York. A aula tem uma hora de duração.