A cidade que não tem Wi-Fi
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A cidade que não tem Wi-Fi

Green Bank, West Virginia (EUA), não tem wi-fi nem telefonia celular e virou a meca dos "electrosensitives"

Ricardo Lombardi

15 Janeiro 2015 | 18h55

telesco

Michael J. Gaynor, do Washingtonian, fez uma reportagem interessante sobre Green Bank, em West Virginia (EUA), uma pequena cidade situada nas montanhas Allegheny. A peculiaridade de Green Bank: é “a cidade sem Wi-Fi” (não tem Wi-Fi, não tem serviço de telefonia celular e nenhuma tecnologia de emissão de sinais, porque lá fica um telescópio muito sensível cuja recepção é perturbada por qualquer ruído eletrônico alheio). Como resultado, a cidade tornou-se uma espécie de meca para os chamados “electrosensitives” — gente que sofre, de vez em quando, de problemas físicos que são atribuídos à proximidade de sinais eletrônicos. (Há controvérsias sobre esses problemas). Muitos moradores antigos de Green Bank estão ressentidos com a presença desta comunidade incomum — e com suas exigências para uma maior redução de tecnologia da cidade (incluindo a remoção de lâmpadas fluorescentes da igreja local). Vale a pena ler a reportagem de Gaynor.