Noel Gallagher apoia casamento gay, questiona legalização das drogas e fala sobre possível volta do Oasis
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Noel Gallagher apoia casamento gay, questiona legalização das drogas e fala sobre possível volta do Oasis

O Estado de São Paulo

07 Maio 2015 | 09h00

Noel Gallagher está sempre com a língua afiada e pronto para polemizar. Em entrevista à Rolling Stone dos Estados Unidos, o ex-Oasis questionou a legalização das drogas e apoiou o casamento gay. “Eles acham que a depravação vai se espalhar pelo mundo porque duas pessoas do mesmo sexo podem se reconhecer em um casamento? Eles fazem parte do velho mundo e vão ter ido embora muito em breve. Vocês [dos Estados Unidos] tem essa coisa religiosa e isso é insano. Se um homem quer casar com outro homem, o problema é dele”, disse.

Questionado sobre as drogas, o músico britânico foi enfático. “Eu realmente acho que a legalização das drogas em 25 anos seria algo muito bom porque tiraria os elementos do romance e da rebeldia para as crianças. Mas esses 25 anos seriam um completo caos, desastre e escândalo atrás de escândalo”, afirmou.

noel_reuters_539

Noel também fez críticas ao Tidal, novo serviço de música por streaming criado pelo rapper Jay Z no início do ano. “Essas pessoas acham que as são os Vingadores? Eles pensam que vão salvar o mundo? Estava falando com Chris Martin [do Coldplay, um dos artistas que apoiou Jay Z no Tidal] um dia depois do lançamento e perguntei, ‘Vocês estão atrás de um prêmio Nobel da Paz?’ E eles, ‘Vamos salvar o meio musical’ Esqueçam os royalties e a ‘força da música’. Comecem escrevendo uma música”, cravou.

Volta do Oasis. Em abril, o jornal britânico Daily Mirror publicou uma matéria afirmando que, por informações de uma ‘fonte bem colocada’, os irmãos Liam e Noel Gallagher estariam conversando sobre um possível retorno da banda. Noel, no entanto, voltou a desmentir os boatos. “Liam está sendo um pouco cínico com os fãs do Oasis no sentido de sempre alimentar esperança. Houve um rumor de que tínhamos um acordo de cavalheiros [para voltar com a banda], mas esse rumor veio do pessoal dele. É uma fonte próxima dele e eu vou falar o quão próxima: ela provavelmente acorda com ele todos os dias. Sempre sobra pra mim decepcionar as crianças em uma entrevista”, disse.

Quatro clássicos para matar as saudades do Oasis

Champagne Supernova

Supersonic

Rock ‘N’ Roll Star

Don’t Look Back In Anger