As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Jack White com Robert Plant? Veja outros 12 encontros históricos do rock

Pedro Antunes

23 Março 2015 | 17h41

Ninguém poderia esperar que Robert Plant subisse ao palco usado por Jack White para cantar The Lemon Song, clássico do repertório do Led Zeppelin, antiga e lendária banda do vocalista. A participação realizada no último sábado, 22, durante a programação do Lollapalooza Argentina, foi apenas mais uma dos brilhantes encontros realizados ao vivo. Aqui, selecionamos outros 12 colaborações sobre os palcos que vão deixar você embasbacado. Veja:

Assista abaixo ao vídeo com a colaboração entre Jack White e Robert Plant:

David Bowie e Nine Inch Nails

David Bowie faz uma aparição no palco do Nine Inch Nails, para uma versão arrebatadora de Hurt, hit depois gravado por Johnny Cash.

Muse e U2

The Edge, guitarrista do U2, participa do show do Muse com uma versão de Where The Streets Have No Name, um dos maiores clássicos da banda irlandesa.

David Bowie e Arcade Fire

Antes do Arcade Fire se tornar uma banda gigante, de tocar em estádios e reunir gramofones do Grammy na estante, eles foram esse grupo de porte mediano, mas eles sempre tiveram algo a mais. Neste caso, era o apreço de David Bowie, que se juntou a eles para cantar Wake Up, hit dos canadenses.

The Strokes e Elvis Costello

Prestes a lançar um disco novo, em 2011, o Strokes fez uma série de shows histórica no Madison Square Garden, em Nova York. Elvis Costello, que era responsável pelo show de abertura, subiu ao palco da banda para executar Taken for a Fool, faixa do então novíssimo disco Angles.

Kings Of Leon e Eddie Vedder

Em 2007, o Kings of Leon não haviam encontrado o ápice que viria nos anos seguintes, com o disco Only By the Night. No show no festival Rock Werchter, na Bélgica, contudo, eles puderam sentir o gostinho da popularidade ao mostrar a música Slow Night, So Long em parceria com Eddie Vedder, que tocou pandeiro (sim, acredite!)

Queens Of The Stone Age e Dave Grohl

Queens of The Stone Age e Dave Grohl ten uma longa história de colaborações. Durante um show da banda liderada por Josh Homme, no festival Glastombury, em 2002, adivinhe quem estava comandando as baquetas? Sim, o senhor Grohl.

Bjork e PJ Harvey

As duas cantoras fizeram uma versão estarrecedora de Satisfaction, dos Rolling Stones, no Brit Awards (espécie de Grammy britânico), em 1994. Imperdível.

George Harrison e Bob Dylan

Harrison e Dylan deveriam ter se apresentado no The Concert for Bangladesh, mas a performance acabou não acontecendo. Nos ensaios, contudo, era possível ver a força da colaboração deles. Assista à versão de If Not For You, de Dylan.

Rolling Stones e Eddie Vedder

A essa altura você já percebeu que Eddie Vedder é um arroz de festa que adora invadir o show alheio. Desta vez, a participação dele é em uma performance de Mick Jagger e companhia, na música Wild Horses, durante a turnê da banda em 2005.

Ozzy Osbourne e Metallica

Ozzy Osbourne, o mais querido dos ícones do heavy metal, encontrou o Metallica neste set imperdível de 2009 que contou com versões de Paranoid e Iron Man, ambas do Black Sabbath.

Guns N’ Roses e Aerosmith

Encontro de gerações. Guns N’ Roses ficou lado a lado com o Aerosmith, colocando as duas vozes mais icônicas do hard rock nas últimas décadas, de Axl Rose e Steven Tyler, para duelar, em 1992.

Bruce Springsteen e Paul McCartney

Paul McCartney é outro que adora uma colaboração ou participar de jams nos palcos pelo mundo. No festival Hard Rock Calling 2012, no Hyde Park, em Londres, ele foi chamado para participar da performance de Bruce Springsteen. Eles, juntos, tocaram I Saw Her Standing There e Twist and Shout, hits grandiosos dos Beatles.