Amy Winehouse: 10 anos de ‘Back to Black’
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Amy Winehouse: 10 anos de ‘Back to Black’

Guilherme Sobota

27 Outubro 2016 | 10h13

“Eles tentam me fazer ir para a rehab, mas eu digo não, não, não”, diz, desafiadora, Amy Winehouse, na primeira frase do disco Back to Black, que completa 10 anos nesta quinta-feira, 27.

Três anos depois de Frank, que já havia colocado Amy no mapa da música britânica com uma voz poderosa, que transformava em contemporâneo todo o soul do século 20, ela lançou esse petardo, 11 canções e só 34 minutos.

O disco se tornou o segundo mais vendido do século 21, apesar de não ter nenhum single no topo das paradas britânicas e não ter vencido o Brit Awards do ano (mas o álbum levou vários Grammy no ano seguinte).

Back


Combinando uma sensível capacidade de composição poética, sua voz inconfundível e a produção impecável dividida entre Mark Ronson (que virou o queridinho da indústria musical) e Salaam Remi, o disco apresenta uma das narrativas artísticas autobiográficas mais devastadoras dos últimos 20 anos. É lindo.

Veja os clipes das canções que saíram do álbum.

1) Rehab

2) You Know I’m No Good

4) Just Friends

5) Back to Black

6) Love is a Losing Game

7) Tears Dry On Their Own

 

Mais conteúdo sobre:

amy winehouse