De Arnaldo Baptista a Linn da Quebrada, festival No Ar Coquetel Molotov recebe o fino do indie no Recife
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

De Arnaldo Baptista a Linn da Quebrada, festival No Ar Coquetel Molotov recebe o fino do indie no Recife

Pedro Antunes

20 Outubro 2017 | 10h55

Arnaldo Baptista (Foto: Washington Alves/Estadão)

Quando Arnaldo Baptista perguntava ao mundo se o achavam loki demais ou questionava se havia se transformado em bolor, Linn da Quebrada sequer havia nascido.

A psicodelia delicada e o rock progressivo dele, fundidos em uma cachola aberta às experimentações, vai de encontro com o funk, o groove e a mensagem poderosa de Linn. Tudo, de certa forma, flui para um mesmo espaço, para a música em primeiro lugar.

É o passado e o presente, juntos.

 

Reunidos, neste sábado, 21,  no festival No Ar Coquetel Molotov, realizado no Recife, um dos mais interessantes eventos dedicados à música independente do País.

Com abertura dos portões do Caxanga Golf Country Club às 13h, bandas e artistas solo se apresentam e se dividem em quatro palcos.

Baptista, ex-integrante dos Mutantes, abre as atividades do palco Velvet, às 18h. Faz um show ao piano, de emocionar. Já Linn entregará uma performance ancorada em Pajubá, seu poderoso disco de estreia, com 16 músicas, discurso empoderador e um chamado para a dança.

Nesse muito, entre o funk e a delicadeza, o Coquetel Molotov expõe o que o indie nacional tem feito de melhor.

De São Paulo, O Terno, trio paulistano, apresenta seu show do ótimo disco Melhor do Que Parece com metais, Kiko Dinucci tempera com punk o samba torto – ou seria o contrário? – com o álbum Cortes Curtos, um disco-filme sobre a capital paulistana e seus desvarios.

A capital paulista ainda é representada na sua variedade sonora, com o álbum visual de Luiza Lian, a inventividade pop de Curumin e o rap fino de Rincon Sapiencia.

No recorte instrumental, a lisergia da E A Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante cria um estado de paz de espírito enquanto Kalouv traz a quentura do novo álbum deles, Elã, lançado recentemente.

E ainda há espaço para a melancolia ruidosa do gorduratrans – certamente um dos melhores shows que você verá na noite de sábado -, o oitentismo bucólico de Giovani Cidreira, o intimismo contagiante de Soledad

De artistas internacionais, as espanholas do Hinds e o projeto norte-americano Diiv colocam as guitarras para ressoar. Elas, com a levada de garagem, solta, enquanto o grupo de Zachary Cole Smith explora uma viagem sensorial por riffs cíclicos.

(Em tempo, as Hinds se apresentam nesta sexta-feira, 20, no Sesc Pompeia, e o Diiv toca no domingo, 22, no Fabrique, ambos em São Paulo). 

O No Ar Coquetel Molotov mostra que o indie vai muito bem, obrigado.

Confira a programação: 

13h – Abertura dos portões
ESPAÇO uPLANET
14h – Aula de Yoga
15h30 – Palestra Inspiração – A sustentabilidade para a vida com Ricardo Young
17h30 – Aula de Yoga
18h30 – Debate – “A falência do modelo político atual e as inovações disruptivas para a mudança social”
20h30 – Aula de Yoga

PALCO AESO
15h – Pupila Nervosa (PE)
16h – Cellestino (PE)
17h – Lady Laay (PE)
18h – Romero Ferro (PE)
19h10 – gorduratrans (RJ)
20h20 – Soledad (CE)

PALCO SONIC

15h30 – Giovani Cidreira (BA)
16h30 – Kalouv (PE)
17h30 – E A Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante (SP)
18h40 – Kiko Dinucci (SP)
19h50 – Hinds (ESPANHA)
21h – Curumin (SP)
22h20 – Alessandra Leão (PE)
23h40 – AfroBapho (BA)
00h40 – NoPorn (RJ)
02h – Mamba Negra (SP)

PALCO VELVET

18h – Arnaldo Baptista (SP)
19h20 – O Terno + naipe de metais (SP)
20h30 – DIIV (EUA)
21h40 – Luiza Lian (SP)
22h50 – Linn da Quebrada (SP)
00h10 – Rincon Sapiencia (SP) com part. especial de Lia de Itamaracá (PE)
01h40 – Attooxxa (BA)

SOM NA RURAL

14h – Iury Andrew / Bafro
22h – Lia de Itamaracá
23h – Batalha da Escadaria (PE)
00h – Aslan Cabral / Tropical Absurdo
01h – Petyr / Huesca
02h – Isluislu

 No Ar Coquetel Molotov 2017
Caxanga Golf Country Club – Av. Caxangá, 5362 – Iputinga
Sábado, 21, a partir das 13h.
R$50,00 (meia), R$100,00 (inteira) e R$80,00 (social – levar 1 kg de alimento não-perecível)
Compra online aqui