Com participação de Emicida, trio 3030 reflete sobre os caminhos percorridos e lança clipe de ‘Febre de Mudança’
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Com participação de Emicida, trio 3030 reflete sobre os caminhos percorridos e lança clipe de ‘Febre de Mudança’

Pedro Antunes

04 Abril 2018 | 17h00

Pelo cenário desértico do clipe de Febre de Mudança, lançado nesta quarta-feira, 4, Bruno Chelles, Luan LK e Rod, integrantes do 3030, caminham debaixo de sol. Refletem sobre como chegaram até aquele momento. São dores, dessabores. São amores e alegrias, também.

3030 (Foto: Daryan Dornelles)

Febre de Mudança, faixa de Alquimia, o terceiro disco da trilogia de discos do trio dos mais good vibes do hip-hop nacional, lançado em março deste ano, é o canto (e as rimas) que escancara a mensagem pela qual acreditam seus três integrantes.

Puxam, com um flow que flutua com leveza, pelo momento de reflexão, afinal, o passado não se muda, mas é importante entendê-lo para buscar o caminho a seguir no futuro.

Desta forma, Emicida funciona, como eles dizem, como um guru, essa figura que já percorreu o caminho hoje diante dos 3030. Ele canta na faixa do disco e está, no vídeo, como esse personagem que supervisiona a caminhada dos jovens rappers – a saída de cena de Emicida, no vídeo, como a partida de Obi-Wan Kenobi, o Jedi do Star Wars de 1977, é simbólica, mesmo que a referência não fosse intencional.

“Quando a gente começou em 2008, ele já ganhava prêmio, cantava com Caetano Veloso“, conta Rod sobre o rapper paulistano.

+++ Trio de rap 3030 encerra trilogia com o disco ‘Alquimia’ e se apresenta em São Paulo

“A gente se identifica com o rap dele, é inteligente e sempre preocupado com assuntos importantes. Ele é uma referência artística e também como empreendedor”, explica.

Emicida comanda, com o irmão Evandro Fióti, o selo-marca-e-muito-mais Lab Fantasma. Os 3030 coordenam o selo Novo Egito.

Dirigido por Pedro Coqueiro, o vídeo de Febre de Mudança foi realizado em Arraial do Cabo e Rio de Janeiro e pode ser assistido abaixo, com exclusividade no blog.

3030 (Foto: Daryan Dornelles)

Antes disso, contudo, a música também ganhou uma versão acústica, gravado no estúdio do Lab Fantasma, que também pode ser encontrado no final do texto, e dirigido por Adilson MP e Ana Carolina Basílio.

+++ Siga o autor do blog e conheça o ‘Tem um Gato na Minha Vitrola’, um programa de música feito diretamente nos stories do Instagram

Se Alquimia, o disco do 3030, é um canto sobre mudança e transmutação, Febre de Mudança traz, na sua essência, o coração da composição do trio. Como diz seu refrão:

“Viver, sorrir, sentir a paz chegar /
Esquecer o mal que passou /
Peço a Orixá o melhor pra mim /
E o resto é proteção Promessa, promessa”

Assista ao vídeo de Febre de Mudança, com Emicida: 

Febre de Mudança, participação de Emicida, em versão acústica: