As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

15 melhores filmes de super-heróis de todos os tempos

Pedro Antunes

25 Maio 2015 | 07h00

Dia nerd? Não precisamos levar isso muito a sério. Afinal, a data foi criada pela diversão (comercial?) de se criar dias especiais para tudo. Neste caso, o dia 25 de maio de 1977 marca o lançamento do primeiro filme de Star Wars. Nerd o bastante para você? Não deixa de ser um bom gancho para publicarmos uma lista, contudo.

Sim, eu amo listas. Se você não gosta, é porque nunca leu Alta Fidelidade, de Nick Hornby (uma dica nerd-musical, aliás: leia o quanto antes). Mas vamos voltar ao fato de listas serem adoráveis. E elas são, mesmo. Muito porque certamente ninguém concordará 100% com esta seleção aqui.

Quais seriam os 15 melhores filmes de super-heróis de todos os tempos? Qual seria o melhor de todos? Não vou dizer que foi fácil chegar a esse resultado ou que não gerou uma discussão cerebral séria entre Tico e Teco aqui, mas missão dada é missão cumprida. Confira abaixo, discorde e concorde. Vamos lá:

15º lugar:
Corpo Fechado (2000)
Diretor: M. Night Shyamalan
Por que assistir?
Li em algum lugar que este é um filme para aqueles que acham que não gostam de super-heróis. Genial. Shyamalan coloca os dramas de um herói em um patamar, extremamente real, com todo aquele suspense que ele sabe (sabia, mais precisamente) fazer.


Assista ao trailer:

14º lugar:
Chronicle (2012)
Diretor: Josh Trank
Por que assistir?
Primeiro de tudo, vamos ignorar o nome do lançamento no Brasil. Afinal, Poder Sem Limites não mereceria nossa atenção, ou mesmo lugar na lista. Trank traz a história de três adolescentes que descobrem ter poderes telecinéticos. Tudo como se fosse filmado por um deles. Um registro “real”. Divertido, sim. E faz acreditar que o novo Quarteto Fantástico, dirigido por Trank e que conta com o ator Michael B. Jordan no elenco, não será tão ruim assim.

Assista ao trailer:

13º lugar:
Os Incríveis (2004)
Diretor: Brad Bird
Por que assistir?
Única animação da lista – afinal, Big Hero 6 não é tão bacana quanto esperado, mesmo tendo levado o Oscar neste ano. Leve, família e ainda dentro dos princípios de super-heróis que nós tanto amamos.

Assista ao trailer:

12º lugar:
Kick-Ass: Quebrando Tudo (2010)
Diretor: Matthew Vaughn
Por que assistir?
Derivado da HQ ulta-violenta de Mark Millar, o filme joga um balde de água fria na cabeça de todos os jovens que imaginaram vestir uma roupa colada ao corpo e sair para as ruas para combater o crime. De quebra, ainda apresentou a adorável Chloë Grace Moretz como Hit-Girl, uma sanguinária assassina de bandidos. Até mesmo Nicolas Cage, como Big Daddy, está bom neste filme.

Assista ao trailer:

11º lugar:
Batman (1989)
Diretor: Tim Burton
Por que assistir?
Tim Burton, Michael Keaton e Jack Nicholson fizeram o Batman cool de novo. O humor escancarado da série de TV do Adam West foi deixado de lado, mas não totalmente. É um filme totalmente burtoniano, com um toques góticos, usos de sombra e um apreço pelo preto e branco. A cor está com Coringa, eternizado por Nicholson até a chegada de um novo ator ao papel, há alguns anos atrás.

Assista ao trailer:

10º lugar:
Os Vingadores(2012)
Diretor: Joss Whedon
Por que assistir?
Um blockbuster dos bons. A Marvel tinha poucos heróis populares nas mãos, com direitos para levá-los ao cinema, e conseguiu chegar ao US$ 1 bilhão em bilheteria. Popularizou de vez Homem de Ferro e o Thor, assim como fez todos se apaixonarem pelas histórias da Viúva Negra e Gavião Arqueiro. Ainda há, contudo, humor demais em Os Vingadores. Joss Whedon dá algumas pinceladas autorais, mas a franquia é uma máquina de fazer dinheiro que anda já sozinha. Por isso, chega ao top 10 da lista, mas não passa disso.

Assista ao trailer:

9º lugar:
O Homem de Aço (2013)
Diretor: Zack Snyder
Por que assistir?
Alguns acharam melodramático demais. Cinza demais. Chorão demais. Eu achei fantástico. A história do Superman voltou a ser contada no cinema, dando início à construção de um universo cinematográfico da DC Comics on cinema. Depois disso, meus caros, chega Batman Vs Superman. Imagine só. E, sim, esse filme está mais bem posicionado que Vingadores. Assinado, um Dcnauta convicto.

Assista ao trailer:

8º lugar:
X-Men 2 (2003)
Diretor: Bryan Singer
Por que assistir?
A tensão entre humanos e mutantes cresce. Singer sabe aliar os debates sociais, políticos e culturais com grandes cenas de ação do grupo liderado por Charles Xavier. O primeiro filme, de três anos antes, estreou as histórias dos mutantes nos cinemas. Este segundo, consolidou. E o terceiro e último daquela trilogia, destruiu – e por isso não está na lista.

Assista ao trailer:

7º lugar:
Capitão América 2: O Soldado Invernal (2014)
Diretor: Joe e Anthony Russo
Por que assistir?
Nunca fui grande fã do Capitão e tudo aquilo que ele representou na história dos quadrinhos e da venda do “american dream”. Mas, neste filme, Cap percebe que tudo pelo qual ele lutou, todo o seu patriotismo e fidelidade à agência S.H.I.E.L.D. não serviu de nada. Em meio a tudo isso, Bucky, o seu grande amigo, está vivo e mais perto do que ele imagina. Um thriller de espionagem, com um sujeito vestindo um uniforme com as cores da bandeira norte-americana.

Assista ao trailer:

6º lugar:
Guardiões da Galáxia (2014)
Diretor: James Gunn
Por que assistir?
Outra polêmica na lista, certamente. Aqui, com esse filme lançado em 2014, a Marvel mostrou que realmente sabe o que faz. Guardiões da Galáxia era um grupinho de terceira categoria nos quadrinhos, pouquíssimos importantes para o universo das HQs. Ainda assim, foi um estouro. Ótimo texto, ótima direção de Gunn, divertido e com uma trilha sonora embasbacante. Sexto lugar merecidíssimo.

Assista ao trailer:

5º lugar:
Homem de Ferro (2008)
Diretor: Jon Favreau
Por que assistir?
Quem esperava que um filme sobre o Homem de Ferro pudesse ser o pontapé de todo um plano ambicioso da Marvel? Incrivelmente, deu certo. Drama, redenção, humor e um inspirado e charmoso Roberto Downey Jr., todos os fundamentos com os quais a Marvel construiu seu império.

Assista ao trailer:

4º lugar:
Watchmen(2009)
Diretor: Zack Snyder
Por que assistir?
Vão achar que é polêmica pela polêmica, mas, não. Zack Snyder pode ter suas limitações técnicas, mas definitivamente não pode ser considerado alguém que não faz reverência aos quadrinhos. Neste caso, ele simplesmente levou ao cinema a melhor história de heróis já criada, de Alan Moore e Dave Gibbons. O papel dos “supers” em uma sociedade quase real, quase apocalíptica. É cru, duro e cruel. Beira o limite da sanidade humana. Snyder é quase literal em tudo, mesmo exagerando um tanto nas cores. E levou às telonas, às vezes, sequências inteiras das Hqs. Uma proeza notável e digna desse quarto lugar.

Assista ao trailer:

3º lugar:
Homem-Aranha 2 (2004)
Diretor: Sam Raimi
Por que assistir?
Tobey Maguire não deixa muita saudade como o Amigão da Vizinhança, mas o segundo filme da trilogia de Sam Raimi é o melhor que o Aranha poderia fazer no cinema. Um vilão de respeito (Doutor Octopus, interpretado por Alfred Molina), tramas que se entrelaçam, como a morte do Duende Verde no filme anterior, e um Peter Parker lutando para manter a vida própria em ordem.

Assista ao trailer:

2º lugar:
Batman: O Cavaleiro das Trevas (2008)
Diretor: Christopher Nolan
Por que assistir?
O melhor que Nolan conseguiu criar dentro do universo do Homem Morcego. A realidade escancarada, um herói imperfeito e um vilão, o Coringa, que só deseja o caos. Heath Ledger é assustadoramente perigoso neste filme, papel com o qual recebeu o Oscar póstumo. O longa só não está em primeiro lugar da lista porque o topo tem um dono garantido desde 1978.

Assista ao trailer:

1º lugar:
Superman: O Filme (1978)
Diretor: Richard Donner
Por que assistir?
Marlon Brando no elenco, trilha sonora do gigantesco John Williams, e a história do primeiro super-herói das HQs no cinema, ainda na década de 1978. O cartaz do filme dizia: “Você vai acreditar que o homem pode voar”. E é verdade. Efeitos de primeira para a época e uma história comovente, responsável por dar uma carreira ao outrora magricela Christopher Reeve. Delicado e ousado, ficção e realidade. Tudo o que adoramos ver nos cinemas hoje está ali.

Assista ao trailer: