Guia definitivo para curtir o Lollapalooza Brasil 2015
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Guia definitivo para curtir o Lollapalooza Brasil 2015

Julio Pacheco

24 Março 2015 | 07h00

103022

O blog Palco Estadão está no ar, seja muito bem-vindo! Este é um espaço para notícias, entrevistas e curiosidades sobre shows e festivais que acontecem no Brasil e no mundo.

E para começar, nada mais justo que falar de Lollapalooza Brasil 2015, que acontece nos dias 28 e 29 de março no Autódromo de Interlagos, São Paulo.

Abaixo você confere o guia definitivo para aproveitar o festival:

1 – Água, água e um pouco mais de água;

2 – Protetor solar (lembre-se das dicas do Pedro Bial);

3 – Pense que nada deve estragar seu fim de semana: nem chuva, nem sol, nem filas – nada de mau humor!;

4- Não vá ao show do Robert Plant esperando que ele toque o Led Zeppelin IV na íntegra. Isso não vai acontecer;

5- Assista o show do Alt-J. Sério;

6- Desodorante! Não queremos cheiro de cecê quando todo mundo levantar as mãos pra bater palmas!;

7- Pau de selfie não pode, como já contamos aqui no Estadão;

8- Óculos de sol: protege os olhos e te deixa descolado nas fotos;

9- Aliás, leve sua câmera fotográfica e registre tudo. Vai ser um fim de semana fantástico, só tome cuidado para não perder;

10 – Sapatos confortáveis, você vai ter que andar MUITO!;

11 – Roupa certa – confortável e leve. Não esquece que pode esfriar, estamos em São Paulo. Um casaco leve pode ser útil;

12 – Quando for comer, sente e descanse um pouco! Sem pressa ou indigestão;

13 – Pode ir com bastante fome já que a organização do Lolla está investindo na alimentação, com várias barraquinhas e food trucks;

14 – Não queime a largada! O festival vende cerveja aos montes, mas você não quer passar mal antes de ver todas as bandas, né? (se beber não dirija);

15 – Nem preciso falar de drogas, né?;

16 – Um chapéu pode ajudar a te proteger do sol. Só não leve o modelo da Carmem Miranda ou de mexicano, para não atrapalhar quem está atrás de você;

17- Não se assuste com as grandes filas no início do festival, principalmente para entrar. Bata papo com um amigo e relaxe;

18- Não empurre! Isso é bem importante. São 70 mil pessoas no mesmo lugar tentando ver as mesmas bandas. Se você quer ver algo de perto, chegue mais cedo e espere o início do show. Não seja inconveniente;

19- Tire tempo suficiente para andar de um palco pro outro. É um espaço maior do que você pensa e isso pode levar alguns minutos. Clique aqui para ver o mapa do festival;

20- Saiba que você vai, COM CERTEZA, perder alguns shows que gostaria de assistir. Paciência;

21- Está na dúvida entre assistir uma banda nacional e outra internacional que vão tocar no mesmo horário? Vá para os gringos, você pode ir a um show das atrações brasileiras em outras oportunidade;

22- Imprima ou leve anotado em algum lugar as bandas que você quer ver com os palcos e horários em que vão tocar. Perder tempo pensando o que assistir pode te roubar minutos preciosos;

23- Quando estiver perdido e for enviar um SMS ou WhatsApp para o amigo, não mande “Onde está você?”. O sinal é péssimo e vai demorar uma eternidade para conseguir resolver tudo. Explique a sua localização e encontre a galera;

24- O trânsito em volta do Autódromo vai estar um caos. Evite ir de carro, estacionar vai ser difícil e caro;

25- O trem da CPTM te deixa a 600 metros do Autódromo. Linha 9 – Esmeralda é a opção;

26- DURMA! São dois dias de festival e ninguém é de ferro! Então durma! Assim que chegar em casa!;

27- Leve dinheiro. Pagar no cartão é legal, mas ter dinheiro é importante;

28- Leve seus filhos. A organização fez uma programação especial para a criançada!;

29- Beba água e mais água (mais uma vez!);

30 – Ainda dá tempo de comprar ingressos no site do festival!;

Deixo vocês com minha banda preferida da edição deste ano, o Alt-J: