Wakanda forever em Cannes

Wakanda forever em Cannes

Rodrigo Fonseca

09 Maio 2018 | 09h00

“Pantera Negra” tem sessão nas areias da Croisette nesta quarta, com o diretor Ryan Coogler no comando da festa

Rodrigo Fonseca
Fervendo de atrações nas mais variadas latitudes, com destaque para a estreia do ator Paul Dano como diretor, em Wildlife, Cannes vai fazer reverência ao senhor de Wakanda hoje à noite. Pantera Negra (Black Panther) vai ser projetado nas areias da Croisette nesta quarta, na seção Cinéma de la Plage, com direito a uma fala de Ryan Coogler antes da exibição. Estima-se que o diretor dará um pulo na sessão de Dano, escalada como atração inaugural da Semana da Crítica de 2018.

Nesta quinta, às 16h, Coogle vai ministrar uma masterclass sobre direção, comentando sua relação com a Marvel e sua relação com Sylvester Stallone em Creed – Nascido Para Lutar. Há boatos de que seu ator-assinatura, Michael B. Jordan (o vilão Killmonger do Pantera) virá aqui para prestigiá-lo, e não apenas por amizade. Jordan é o astro de “Fahrenheit 451”, da HBO, qur vai ter gala por aqui no fim de semana.

Há uma leva de Marvetes de diferentes locais da França (cerca de 70 pessoas) no balneário já armando tendo na praia de Cannes. Essa turma veio à Croisette de ônibus, a fim de rever o “Pantera” na presença de Coogler. Foi neste festival que ele iniciou sua carreira em 2013. Na época, veio com Fruitvale Station, pelo qual recebeu un prêmio especial do júri na mostra Un Certain Regard, então presidida por Thomas Vinterberg (de A Caça). Sua montadora é carioca, Claudia Castello.

Em sua passagem pelo Cinéma De La Plage, uma mostra famosa por valorizar filmes de temática racial, Coogler vai falar sobre mudanças na representação negra em Hollywood. A mesma pauta deve guiar a passagem de Spike Lee por aqui, na semana que vem, em concurso, com “BlackKklansman”.