Um ‘Corujão’ ‘felomenal’ com José Wilker

Um ‘Corujão’ ‘felomenal’ com José Wilker

Rodrigo Fonseca

08 Abril 2018 | 13h43

José Wilker ilumina as telas da Globo às 2h desta terça em “Giovanni Improtta”

Rodrigo Fonseca
Injustiçado por crítica e público à época de sua estreia comercial, há cinco anos, Giovanni Improtta foi o canto de cisne, na direção, de um dos mais apaixonados e apaixonantes artistas do cinema brasileiro: José Wilker (1946-2014). Foi o primeiro e, infelizmente, único trabalho dele como cineasta, baseado no personagem criado na novela das 20h Senhora do Destino, de Aguinaldo Silva. O longa-metragem será exibido na TV Globo na madrugada de segunda-feira para terça, no Corujão, às 2h20. Na trama, fotografada com um realismo edulcorado por Lauro Escorel, o bicheiro de fala mole Improtta, fã de mesóclises e delícias gramaticais afins, tem uma chance de integrar a alta cúpula da contravenção do Rio de Janeiro. Mas vai esbarrar com uma conspiração ligada à liberação dos cassinos no Brasil. Thelmo Fernandes é um achado do elenco no papel do pastor Franklin.

Mais conteúdo sobre:

Giovanni ImprottaJosé Wilker