Schwarzenegger em luto – e em estado de graça

Schwarzenegger em luto – e em estado de graça

Rodrigo Fonseca

28 Outubro 2017 | 09h24

Rodrigo Fonseca
Tem Schwarzenegger novo a caminho das telonas brasileiras. E é um filme inusitado em seu currículo, que está previsto para checar ao Brasil no dia 2 de novembro pela H2O: o drama Em Busca da Vingança (Aftermath). É uma narrativa de tensão e dor, que nos prova o quanto o ator austríaco (naturalizado americano) depurou seu talento dramático ao se encaminhar para a casa dos septuagenários. Dirigido pelo ótimo Elliott Lester, realizador de tintas autorais soturnas, conhecido aqui pelo thriller Blitz (2011), este longa-metragem de US$ 10,5 milhões põe o bom e velho Arnold Schwarzenegger como Roman, um imigrante eslavo que perdeu mulher e filha (esta grávida de seu neto) em um desastre aéreo: a colisão de dois aviões. A trama é baseada no choque entre as aeronaves Bashkirian Airlines Flight 2937 e DHL Flight 611, em Überlingen, na Alemanha, em 2002. No enredo, os veículos se impactam em decorrência da falha de um controlador de voo, Jake (Scoot McNairy). N’algum momento, Roman quererá vingança contra Jake. Mas não estamos diante de um filme de ação típico do astro e sim de uma tragédia dolorosa, sobre o limite no qual catarses não são possíveis. As filmagens se deram em Ohio, sob a luz bruxuleante do fotógrafo Pieter Vermeer (parceiro de Peter Greenaway em O Cozinheiro, o Ladrão, a Mulher e Seu Amante). O produtor foi Darren Aronofsky, diretor do obrigatório mãe!.