Brasília revela seus longas e curtas em concurso

Brasília revela seus longas e curtas em concurso

Rodrigo Fonseca

07 Agosto 2017 | 14h25

“Vazante”, de Daniela Thomas, um dos destaques da Berlinale, concorre ao Candango

Rodrigo Fonseca
Com uma homenagem engatilhada à figura e à obra do diretor Nelson Pereira dos Santos, o 50º Festival de Brasília (15 a 24 de setembro) desembainha suas armas a fim de se firmar como a principal seleção do cinema nacional em 2017.

Mostra competitiva de longa-metragem

  • ARÁBIA, de Affonso Uchoa e João Dumans, MG
  • CAFÉ COM CANELA, de Ary Rosa e Glenda Nicácio, BA
  • CONSTRUINDO PONTES, de Heloisa Passos, PR
  • ERA UMA VEZ BRASÍLIA, de Adirley Queirós, DF
  • MÚSICA PARA QUANDO AS LUZES SE APAGAM, de Ismael Cannepele, RS
  • O NÓ DO DIABO, de Ramon Porto Mota, Gabriel Martins, Ian Abé, Jhesus Tribuzi , PB
  • PENDULAR, de Julia Murat, RJ
  • POR TRÁS DA LINHA DE ESCUDOS, de Marcelo Pedroso, PE
  • VAZANTE, de Daniela Thomas, SP

Mostra competitiva de curta-metragem

  • A PASSAGEM DO COMETA, Juliana Rojas, SP
  • AS MELHORES NOITES DE VERONI, Ulisses Arthur, AL
  • BAUNILHA, Leo Tabosa, PE
  • CARNEIRO DE OURO, Dácia Ibiapina, DF
  • CHICO, Irmãos Carvalho, RJ
  • INOCENTES, Douglas Soares, RJ
  • MAMATA, Marcus Curvelo , BA
  • NADA, Gabriel Martins , MG
  • O PEIXE, Jonathas de Andrade, PE
  • PERIPATÉTICO, Jessica Queiroz, SP
  • TENTEI, Laís Melo, PR
  • TORRE, Nadia Mangolini, SP