‘Eu gravo muito besteirol’, diz Cristiano Araújo

Cristiane Bomfim

20 Outubro 2012 | 19h51

POR CRISTIANE BOMFIM
cristiane@gmail.com

18/10/2012 - Cristiano Araújo faz seu primeiro show em São Paulo. SP. Villa Country.

“Eu gravo muito besteirol”, afirmou Cristiano Araújo minutos antes de subir no palco do Villa Country, na zona oeste de São Paulo, para sua primeira apresentação na capital, no último dia 18. Um destes besteiróis, continuou ele, é Bara bara, berê berê. “Eu lancei a música na internet e ela foi muito criticada. Mas a polêmica foi tão boa que a música estourou”.

O jovem, de 26 anos, prefere as músicas românticas, mas acredita que se gravar apenas as melosas não terá fôlego para estourar nas rádios e baladas. “Tem que gravar o que você se sente bem cantando, mas também tem que cantar o que os outros gostam”, explicou.

Sucesso em Goiás e com recente contrato assinado com a empresa Talismã Produções, comandada pelo também sertanejo Leonardo, o artista diz que já sente o peso da responsabilidade. “O Leonardo é um artista consagrado. Chegou onde se pode chegar quando se fala em sucesso. Saber que é um cara desses que cuida da minha carreira, me deixa tranquilo e um pouco preocupado em apresentar um bom trabalho”.

Leonardo que já chegou a rotular Cristiano como o “novo Leonardo”, dá conselhos ao novo artista como, por exemplo, ter o pé no chão e até como se comportar durante uma entrevista. “É um cara que eu vou escutar pelo resto da vida”, disse Cristiano que fez bonito no palco paulistano. O cenário caprichado agradou aos fãs. Surpreendeu também a voz, que é idêntica à gravação – o que não acontece com boa parte dos sertanejos da moda – e a presença de palco.