O boom do streaming

O boom do streaming

Marcelo Rubens Paiva

17 Agosto 2017 | 11h46

 

O mundo não se resume a Netflix.

O Oldflix já é conhecido. A R$ 16,90 por mês, é chamado de Netflix dos filmes clássicos.

Mubi é incrível. Para cinéfilos ou diletantes. A cada dia, um filme novo é oferecido, e outro sai do catálogo, de clássicos do cinema da Alemanha Oriental e documentários franceses. Mas, cuidado. A maioria, como Querelle, de Fassbinder, vem sem legenda em português.

A US$ 5,99 por mês (primeira semana de graça, apesar do anúncio afirmar que é o primeiro mês), trazem legenda em inglês.

Conhece Looke? Filmes de arte, como Casa Grande, com a franquia Velozes e Furiosos, por R$ 16,90, num site nacional.

 

 

Gosta de filmes argentinos?

O site Canal do Ensino oferece alguns de graça.

No Thevore, encontram-se filmes argentinos legendados.

 

Na Argentina, cinema é coisa séria. Até o governo criou seu canal de streaming de filmes gratuitos:

http://www.cinemargentino.com/ (Psafe)

No Brasil, a Globo segue sozinha. Suas séries são exclusivas do canal Globo Play.

HBO oferece para os assinantes o HBO GO, com filmes e séries exclusivos e produzidos pelo canal, como o espetacular Game of Thrones.

Sem contar Apple TV, Amazon e, em breve, Disney, que anuncia que, a partir de 2018, lança seu canal próprio, enxugando a oferta em outros canais.

Quem é assinante da NET tem o NOW, com produtos (limitados) dos canais que têm sinal na rede.

No Youtube, inimigo número 1 das empresas de comunicação, a pirataria come solta. Cópias péssimas de filmes brasileiros estão à disposição, de E Aí, Comeu?, com uma tarja preta no meio, ao pernambucano Árido Movie.

O site Catraca Livre aponta que a tendência é de setorização.

Fez uma ótima lista de canais de streaming.

ClapMe: o Netflix dos Shows (R$ 15,90).

Crunchyroll: para os que gostam de anime e mangá, por R$ 14,90 ao mês.

Full Moon: de filmes trash a US$ 6,99 por mês.

PlayKids: como diz o nome, é de desenhos para crianças.

TubiTV: filmes de grandes estúdios, Paramount, Lions Gate, MGM (de graça).

Fandor: por US$ 10 ao mês, traz filmes independentes, inclusive brasileiros.

Screambox: filmes de horror, a US$ 3 por mês.

Feeln: para fãs de final feliz de comédias românticas e de superação.

Spuul: traz as cores e a musicalidade do cinema indiano produzido por Bollywood.

 

 

Se você não quer mais sair de casa, belê.

Mas, dear, vá também ao cinema.

Compre pipoca, namore, veja gente, viva experiências de imersão total.

Recomendo.