Mostra do novo cinema indiano em SP

Mostra do novo cinema indiano em SP

Marcelo Rubens Paiva

06 Junho 2017 | 11h48

 

Você conhece o novo cinema indiano?

O bom do cinema mundial nem sempre entra em cartaz.


Numa cidade como São Paulo, é preciso ficar atento à programação do circuito que engloba centros culturais, clubes e festivais.

O CCBB na semana do dia 14 de junho a 3 de julho abre suas salas à cultura indiana.

Nele, uma mostra do que se tem feito em cinema nos últimos quatro anos na Índia, país que mantém uma indústria vibrante, popular, em que cinemas de mais de mil pessoas, com espaço reservado para dança, lotam (são 13 mil no país).

A curadoria de Carina Bini e Shankar Mohan selecionou filmes de uma nova geração de realizadores.

A diversidade está traduzida na quantidade de idiomas falados (nove): Hindi, Bengali, Marata, Bodo, Malaiala, Concani, Tâmil, Canará e Inglês. Incluindo uma produção de Assam, no nordeste do país, onde se fala a língua Bodo, e uma de Goa, falada em Concani e Inglês.

Uma mesa de debates discutirá Cinema Paralelo versus Comercial.

Em 14 de junho, às 18h30, o evento abre com o filme Armadilha, de Jayraj Rajasekharan Nair, vencedor do Urso de Cristal de Berlim em 2016.

Serão também exibidos:

Ilha de Munroe (de Manu), falado em malaialo.

Que Assim Seja (de SumitraBhave e SunilSukhtankar). Idioma: Marata

Água (de GirishMalik. Da região de Mumbai. Idioma: Hindi

Navio de Teseu (de Anand Gandhi), da região: Mumbai. Idioma: Hindi e Inglês

Além deles, O Ovo do Corvo, Margarita Com um Canudo, A Menina e a Coruja, O Fabricante de Caixão e mais.

Pink, de Aniruddha Roy Chowdhury, da região de Mumbai, é um drama indiano sobre uma mulher agredida sexualmente que acaba sendo julgada por tentativa de homicídio do estuprador.

O filme foi utilizado pela polícia do Rajastão, para treinar policiais a lidar melhor com os direitos das mulheres.

Na programação, está incluído um debate sobre a situação das mulheres na Índia.

Terá também comemorações no Dia Mundial da Yoga, com aulas de Asthanga, Vinyasa, e shows de música clássica indiana.

Ingresso do cinema custará R$ 10 (R$ 5 meia). Debates, apresentações de música e dança e aula de yoga será grátis.

CCBB fica na Rua Álvares Penteado, 112, Centro; aberto de quarta a segunda-feira, das 9h às 21h.

Checa a programação nos sites:

ccbbsp@bb.com.br

www.bb.com.br/cultura

www.twitter.com/ccbb_sp

www.facebook.com/ccbbsp