Experiência de uma mulher separada com filho no Tinder

Experiência de uma mulher separada com filho no Tinder

Marcelo Rubens Paiva

16 Maio 2017 | 12h59

 

Fernanda, 27 anos, resolveu compartilhar uma experiência que, considera, “social”, no Facebook.

Com filho, criou um perfil real na rede de encontros mais popular, Tinder.


Publicou fotos em que, conta, estava gata.

Perfil: “Mãe. Professora. Militante. Feminista. Amor à culinária, literatura e aos amigos. Ódio ao capital e aos de coração raso”.

Ela já tinha constatado que é comum homens com fotos dos filhos.

Mulheres? Nunca.

“Ser mulher não é fácil. Ser mulher e mãe, menos ainda. Ser mulher, mãe e reivindicar uma vida social fora dos padrões patriarcais, é enlouquecedor. Na luta da mulher mãe, a resposta é essa mesmo: Não há ninguém perto de você, só seu filho”.

O experimento durou uma semana.

Foram 83 matchs de homens entre 24 e 34 anos.

Separou dez trechos de diálogos que, prepare-se, fazem revelações enjoativas, deprimentes, sobre os novos tempos. Usamos a ortografia e digitação original.

 

1 Raul, 27 anos:

 

-Oi gata

-Oi. tudo bem?

-Melhor agora. Que bom que você avisa que tem filho.

-É? Por que?

-Assim facilita e a gente não tem surpresa.

-Como assim?

-ah gata não se apaixona nem se desiludi

– como assim?

– vc é mãe já sei q n rola nd sério

 

2 Felipe, 31 anos:

 

-Tu é mãe? ainda amamenta?

– Oi. Tudo bem? Não mais, por que?

– Nada não.

(combinação desfeita, por ele)

 

3 Lucas, 28 anos:

 

-então o seu filho está onde agora?

– Em casa, comigo. por que?

-Nossa. Você é bem feminazi esquerdista mesmo. coitada da criança com uma mãe puta dessas que fica procurando macho.

 

4 Lucas, 24 anos:

 

– Sou mais novo que vc

-Sim. 3 anos. Isso é um problema grande?

-n, n. é q vc é mãe, e eu procuro uma namorada

-E?…

-E que daí n dá, né

-Por que? Sua mãe nunca namorou?

-N fala da minha mãe vadia

(combinação desfeita, por ele)

 

5 Markus, 25 anos:

 

-vc tem com quem deixar a criança? n sou chegado, mas achei vc gata.

-oi? tu n é chegado em que?

– Filho dos outros kkk

– Tu tem a foto com uma criança!!!!

– É meu afilhado.

-Pra chamar mulher?

– Siiim. da certo. Com vcs tbm?

(combinação desfeita por mim, porque não tive mais estomago)

 

6 Marcos, 27 anos:

 

-Mas priorizei outras coisas na minha vida

-Como assim? temos a mesma idade e tu tbm é pai

-sou pq minha ex quis. acho q ela e vc n são iguais

-Como assim?

– Vim morar no sul pra fugir dela

– E do teu filho?

-tbm. ela engravidou de gosto

-hmmm. Quantos anos vcs tinham?

-Ela 17 e eu 26

– Tu recém foi pai então?

– ahan

– meu, tu é quase 10 anos mais velho que ela. Acho q ela n queria engravidar e ter um filho sozinha em SP

– mas ela n se cuidou

n tenho muito a ver com isso

(combinação desfeita por mim, por motivos óbvios)

 

7 Ivan, 34 anos:

 

-Divorciada?

-Oi. Tudo bem contigo? Sim, sou separada. Por que?

-É que mulher com filho a gente pergunta né

– Por que?

-Se n casou é que n vale muito

– Como assim? tu vai vender a mulher? Quanto é que ta o @ da mulher no século XXI?

– Li teu perfil até o final agora

vc é feminista

raça ruim eim

o corno que deve ter te dado um pe na bunda pq tu n se depila

 

8 Renan, 26 anos:

 

– mas vc foi irresponsável

– Fomos um pouco, mas levo uma vida normal.

– e vc cria seu filho sem pai?

-Não. meu filho tem um pai, que ama muito ele.

Nao entendi a colocação.

– alem de mãe e bura kkkkkkk

– Burra? Além de mãe? Por que? Tu tem problemas?

– Problema tem tu q tem filho e fica no tinder catando outra barriga

feminista suja

professor ainda kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

 

9 Tarciso, 31 anos:

 

– Sou marinheiro e busco apenas aventuras.

– hmmm

– Você ser mãe facilita as coisas

– Por que?

– Porque não precisamos fingir engenuidade e podemos pular os cortejos.

-INgenuidade, querido.

– Vá se fuder

 

10 Elton, 29 anos:

 

-… eu concordo com esses caras na verdade

– tu concorda com os absurdos que disse que já ouvi por ser mãe?

– ué, vc ficou solteira pq quis e parece esperta

– e???

– e que todo mundo sabe q ngm leva a sério mulher com filho

– Por que?

-p q se ja teve filho e ta solteira boa coisa n é

– Então todas mulheres divorciadas são péssimas pessoas e péssimas mães? e as que são mães solo porque o cara fugiu?

– N. minha mãe tbm se divorciou quando eu era criança pq meu pai batia nela

– ela foi uma mãe ruim?

– N né

minha cora é minha vida

– Quantos anos ela tinha quando isso aconteceu?

– Ela tinha 26 e eu 5

– Eu e sua mãe fomos mães com a mesma idade e nos separamos também com quase a mesma idade hehehe

(match desfeito, por ele)

 

Fernanda escreveu: “Quando se fala em irresponsabilidade social e abuso afetivo sobre as mulheres, negligenciar essa cultura da misoginia acerca da maternidade é ser canalha. A solidão da mãe é vista como obstáculo para tornar aquela mulher forte. Nós não queremos esses obstáculos. Ninguém quer. Essa cultura coloca todos os dias milhões de mulheres numa posição que facilita a exposição aos abusos”.

Fernanda, com esse perfil, se eu fosse solteiro e estivesse no Tinder, me apaixonava na hora; eu e muitos amigos.