Diário da Mostra: Estrada de Palha, um western bacalhau
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Diário da Mostra: Estrada de Palha, um western bacalhau

Luiz Zanin Oricchio

21 Outubro 2012 | 21h05

Se Sérgio Leone fez western spaghettis, por que não dizer que Rodrigo Areias fez um western bacalhau, ou, pelo menos um faroeste à moda lusa, o primeiro exemplar, até onde sei, desse gênero. Graça à parte, Esse Estrada de Palha é um achado. Um filme que não se sabe muito bem para onde vai – o que é um mérito na mesmice do cinema atual. O protagonista, Alberto, sai de um refúgio num país gelado (não se sabe exatamente qual) e volta para sua terra para vingar a morte de um irmão e reaver ovelhas roubadas pelo ladrão. Muito bonito visualmente, é pontuado por pensamentos contrários ao Estado. O Estado, que se torna delinquente, explorador e esquece sua função de proteger o indivíduo dá bem a atualidade do pensador anarquista Henry David Thoreau, que inspira o filme. Rodrigo Areias, em seu faroeste luso, fala do interior da crise que se abateu sobre a Europa. E da incapacidade dos governos de debela-la sem sangrar mais ainda o povo.

 

SESSÃO DATA SALA
340 22/10 – Segunda-feira – 15:20 Reserva Cultural
681 26/10 – Sexta-feira – 21:50 Espaço Itaú de Cinema – Frei Caneca – Sala 2
813 27/10 – Sábado – 18:00 Cinemateca – Sala BNDES

Mais conteúdo sobre:

cinema portuguêsMostra 2012